Novo passaporte é uma “Viagem” por Portimão, a Cidade Europeia do Desporto

Portimão lançou vídeo promocional e passaporte no âmbito da Cidade Europeia do Desporto

Foto: Pedro Lemos | Sul Informação

Uma “Viagem” que passa pelo basquetebol, futsal, andebol, karaté e pela ginástica. O filme promocional de Portimão – Cidade Europeia do Desporto já foi lançado e é ideal para ser visto enquanto se folheia o novo passaporte que inclui todas as atividades que vão decorrer ao longo do ano.

O lançamento destas duas iniciativas (o vídeo, que tem como nome “A Viagem”, e o passaporte, disponível aqui) foi um dos momentos altos da participação de Portimão, esta quinta-feira, 14 de Março, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), evento em que o Sul Informação também marcou presença.

Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão, de passaporte em punho, reconheceu que, «além de bons hotéis e boas praias, também é fundamental termos outras ofertas nomeadamente desportivas».

Só dessa forma, considerou, se consegue ter «um turismo mais sustentável», ideia que até esteve em destaque na BTL com o lançamento de um Observatório que quer trabalhar estas questões.

João Vieira, presidente da Assembleia Municipal de Portimão, Isilda Gomes e António Morais, presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica – Foto: Filipe da Palma | CM Portimão

Mas, voltando à Cidade Europeia do Desporto, está «agendada uma panóplia de eventos que ultrapassa os mil». «Temos 12 grandes palcos desportivos, 40 modalidades, envolvendo mais de 40 mil atletas», ilustrou Isilda Gomes.

Na apresentação do passaporte, a presidente da Câmara de Portimão salientou algumas provas, como o Campeonato Nacional de Clubes em Triatlo (23 e 24 de Março), o Dia Mundial da Atividade Física (6 de Abril), o Campeonato do Mundo de Windsurf (20 de Abril a 5 de Maio) e o Campeonato da Europa Ultimate-Frisbee (6 a 11 de Maio).

A isto junta-se, ainda, a etapa de Portimão do Mundial de F1 Motonáutica (17 a 19 de Maio), a Festa Nacional da Ginástica (28 a 30 de Junho) e o Torneio Internacional de Futsal (23 a 25 de Agosto).

Tudo eventos realizados no âmbito de Portimão – Cidade Europeia do Desporto e que prometem movimentar milhares de pessoas.

Só que, no entender de Isilda Gomes, ser «Cidade Europeia do Desporto, por si, não chega» para se ter um «município ambientalmente sustentável».

«Precisamos de ter bons jardins, boas estradas e do espaço público requalificado. Se nos perguntarem se, de momento, já atingimos os nossos objetivos nessa área, naturalmente que nunca está tudo feito. Ainda assim, posso garantir que estamos a trabalhar arduamente para proporcionar espaços de conforto e de bem-estar a quem nos visita, mas também a quem reside em Portimão», disse a edil.

Tentadoras propostas de Portimão

Na participação na BTL, o Município aproveitou ainda para dar a provar as 12 propostas com que se vai candidatar ao Concurso 7 Maravilhas Doces de Portugal, para deleite dos presentes.

Aceitaram o desafio as empresas Confeitaria de Alvor, Delícias de Portimão, Casa da Isabel e Amor às Fatias, que abrangem seis das categorias a concurso, de que são tentadores exemplos o Pastel Maldeçoado, as Algarvias, as Estrelas de Portimão ou o Morgado.

Na agenda do dia também mereceu destaque a cerimónia pública de certificação da Estação Náutica de Portimão e entrega da respetiva bandeira.

A nova entidade faz parte de uma rede nacional e está organizada a partir da valorização integrada dos recursos náuticos presentes no território de Portimão. Inclui mais de 70 parceiros locais, entre associações e clubes, estabelecimentos de ensino, embarcações marítimo-turísticas, centros de mergulho, estaleiros e reparação naval, lojas de equipamento náutico e de pesca, restauração, hotelaria e equipamentos culturais.

Segundo António José Correia, diretor do Fórum Oceano, entidade responsável pelo processo de certificação, «todas essas áreas acrescentam valor e criam experiências diversificadas e integradas, apresentando-se a Estação Náutica como uma plataforma de cooperação entre atores identificados com o território e que asseguram a oferta deste produto turístico».

Foto: Filipe da Palma | CM Portimão

A Estação Náutica de Portimão garantirá a qualidade do produto turístico e dos serviços prestados aos visitantes, bem como o apoio informativo e a reserva de alojamento e serviços.

São vantagens da sua constituição «a diversificação da oferta turística, o combate à sazonalidade, o aumento do gasto por visitante, uma imagem de referência e qualidade, a promoção conjunta de produtos turísticos a nível internacional e, ainda, uma ementa de experiências diversificadas», destacou o responsável.

 

Comentários

pub
pub