Alentejo está a preparar candidatura do Montado a Património da UNESCO

Montado é «fundamental para a criação do porco alentejano»

A Entidade Regional do Turismo do Alentejo está a preparar uma candidatura do Montado a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, tendo decorrido, esta quinta-feira, 11 de Outubro, uma reunião de trabalho preparatória, nos Paços do Concelho de Ourique. 

«O Montado é parte da nossa identidade. É fundamental para a criação do porco alentejano e para o nosso mundo rural. Tudo o que pudermos fazer para o valorizar em Portugal e no Mundo é positivo. Já temos o Cante Alentejano e os Chocalhos. Se somarmos mais marcas certificadas do nosso património, estamos a contribuir para sermos um território mais competitivo», considera Marcelo Guerreiro, presidente da Câmara de Ourique.

Esta reunião de trabalho serviu «para aprofundar aspetos da candidatura que, sendo aprovada, contribuirá para valorizar as marcas da nossa identidade, o nosso território e o nosso mundo rural», considera a autarquia alentejana.

Ourique «desenvolve, há mais de uma década, uma estratégia de afirmação da fileira do porco alentejano, que conta com uma particular atenção às questões relacionadas com o Montado, nomeadamente com as ameaças que se colocam à conservação e sustentabilidade das plantações, por via das doenças que afetam os espécimes e dos impactos das alterações climáticas», conclui a Câmara Municipal.

Comentários

pub
pub