Protocolo que garante as visitas públicas à Gruta do Escoural foi renovado

A Gruta do Escoural «assistiu à passagem de várias populações durante 50 mil anos»

O protocolo de cooperação o para a gestão, salvaguarda e visita pública à Gruta do Escoural, em Montemor-o-Novo, «uma das maiores descobertas arqueológicas em Portugal», foi renovado esta sexta-feira.

A assinatura do documento é, na visão da Câmara de Montemor-o-Novo, um passo «muito positivo», que se refletirá em «mais e melhores condições de acesso do público ao acervo documental patente no Centro Interpretativo da Gruta do Escoural, maior facilidade de reserva e visita da Grutas e a garantia de acompanhamento e guia dos visitantes».

O protocolo foi celebrado entre a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, a Direção Regional de Cultura do Alentejo, a Junta de Freguesia de Santiago do Escoural e a Associação Amigos Unidos pelo Escoural.

«A Gruta do Escoural é um lugar que assistiu à passagem de várias populações durante 50 mil anos. Recordamos que foi ao final de uma tarde de Abril de 1963, que uma explosão de uma pedreira revelou esta que é uma das uma das maiores descobertas arqueológicas em Portugal», enquadrou a autarquia alentejana.

Comentários

pub
pub