Ateou fogo com isqueiro em Almodôvar e foi detido pela Judiciária

O homem ateou três focos distintos e causou um incêndio que consumiu «entre 20 a 25 hectares de sobreiros e oliveiras»

A Poliícia Judiciária deteve o homem suspeito de ter começado um incêndio florestal no dia 1 de Setembro em Santa Cruz, Almodôvar. O incendiário, «munido com um isqueiro, ateou três focos distintos, distantes entre si cerca de 20 metros», segundo a PJ.

Desta ação criminosa resultou «um incêndio de grandes proporções, que consumiu entre 20 a 25 hectares de sobreiros e oliveiras».

O detido, um servente de pedreiro de 29 anos, será agora presente a interrogatório judicial. A investigação foi tutelada pelo Ministério Público de Loulé.

Comentários

pub
pub