“Azarado” Portimonense foi derrotado pelo Chaves nos descontos

O Portimonense perdeu com o Chaves por 1-0, em jogo a contar para a 14ª jornada da I Liga de […]


O Portimonense perdeu com o Chaves por 1-0, em jogo a contar para a 14ª jornada da I Liga de Futebol, disputado este domingo, 10 de Dezembro. Os algarvios tiveram as melhores oportunidades de golo, mas um penalti no período de descontos deu a vitória à equipa de Luís Castro.

Toda a primeira parte foi um espelho do equilíbrio que existe entre as duas equipas: nem Portimonense, nem Chaves se conseguiram superiorizar, apesar de a equipa algarvia ter tido as melhores chances.

Depois de Vítor Oliveira, Nakajima e Dener terem recebido, respetivamente, os prémios de melhor treinador, avançado e médio de Outubro e Novembro da I Liga, o jogo começou e a primeira oportunidade foi do Portimonense.

Aos 11 minutos, Lumor cruzou já dentro da área, mas Fabrício chegou um pouco atrasado à bola, permitindo o corte da defesa do Chaves. Já Dener, aos 25 minutos, rematou ao lado da baliza de António Filipe.

A equipa de Luís Castro não conseguiu ter nenhuma oportunidade de golo durante todo o primeiro tempo, que terminou com o Portimonense a poder fazer o 1-0. Fabrício, já só com o guarda-redes pela frente, mas pressionado pelos defesas do Chaves, rematou um pouco ao lado da baliza adversária.

Quanto à segunda parte começou praticamente da mesma maneira como terminou a primeira: com Fabrício a poder marcar. Aos 51, Jefferson dominou mal o esférico, que sobrou para o avançado brasileiro. Fabrício picou a bola, mas António Filipe fez uma grande defesa.

 

Aos 65 minutos, nova oportunidade para o Portimonense. Após canto, e uma má saída de António Filipe, a bola ficou a saltitar perto da baliza do Chaves, onde já não estava o guarda-redes, mas Rúben Fernandes não conseguiu encostar para o golo.

O ninja Nakajima também teve o 1-0 nos pés, mas António Filipe fez uma boa defesa após remate do japonês, quando estavam decorridos 73 minutos de jogo.

E como a segunda parte foi cheia de lances de golo para o Portimonense, aos 80 houve outro, desta feita por Ewerton, que, já dentro da área, rematou um pouco acima da barra.

Do outro lado, foi Ricardo Ferreira a sair bem perante um cruzamento de Pedro Tiba (81 minutos) que poderia ser perigoso se a bola passasse.

Quando o empate já parecia ser o resultado certo, o Chaves teve um penalti a seu favor, aos 92 minutos. Lucas escorregou na área e, perante o avanço de Platiny, acabou por esticar a perna e fazer falta, prontamente marcada por Fábio Veríssimo.

Na conversão, Pedro Tiba não falhou, apesar de Ricardo Ferreira ter acertado o lado para o qual a bola foi. Num jogo em que os extremos de Portugal se defrontaram, o Portimonense acabou por não ser feliz.

Com esta derrota, o Portimonense soma 16 pontos e está no 10º lugar.

 

Fotos: Nelson Inácio | Sul Informação

 

 

Comentários

pub
pub