Nelson Conceição e convidados dão espetáculo na Bienal Ibérica de Loulé

Loulé acolhe este ano, pela primeira vez, a Bienal Ibérica de Património Cultural

O prestigiado acordeonista Nelson Conceição vai dar um concerto inédito, com convidados, esta sexta-feira, 11 de Outubro, a partir das 21h30, no Auditório do Solar da Música Nova, em Loulé, no âmbito da Bienal Ibérica de Património Cultural. 

O espetáculo contará com vários convidados especiais: Petro Moroi (clarinete e saxofones) e Pedro Branco (percussões) – elementos da Banda Filarmónica Artistas de Minerva –, Paulo Machado (baixo), Todd Sheldrick (trompa) e Cristina Paulo (voz).

Assim, para o espetáculo que fecha o primeiro dia da Bienal, o Cine-Teatro Louletano fez uma encomenda a Nelson Conceição para se juntar a um ensemble da Banda Filarmónica Artistas de Minerva e a alguns convidados.

Esta, garante a Câmara de Loulé, será «uma contagiante fusão que revisita a portugalidade musical, percorrendo diferentes territórios que vão do fado ao cante alentejano, do jazz à música tradicional, sempre com uma roupagem contemporânea».

Nelson Conceição, que estreou o seu disco “Descobrindo-me” neste palco louletano em Março deste ano, é natural de Bordeira, uma localidade pródiga em grandes acordeonistas.

Tem desenvolvido um trabalho de reconhecida qualidade, com mais de 100 prémios obtidos através dos seus alunos, a que se junta a recolha e recuperação do património imaterial relacionado com os seus antepassados.

O prestigiado intérprete é coordenador do projeto “Terra de Acordeão” e tem gravado inclusivamente a maioria dos grandes nomes nacionais do acordeão no seu estúdio, sem esquecer a sua colaboração profunda em tradições como as Charolas. Tem sido elemento integrante de projetos de diferentes campos e contextos musicais quer na área mais popular como as “Moças Nagragadas” quer numa vertente mais vanguardista como o “Mito Algarvio Ensemble – Cyneticum”, sob a direção de João Frade.

O concerto tem a duração aproximada de 75 minutos e dirige-se a maiores de 6 anos.

Os bilhetes custam 5 euros por pessoa, sem descontos aplicáveis. A lotação é limitada. Quem quiser comprar ingressos, pode fazê-lo aqui.

Também no âmbito da Bienal Ibérica de Património Cultural, haverá um concerto de Rão Kyao, mas no sábado. 

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt.

Loulé acolhe este ano, pela primeira vez, a Bienal Ibérica de Património Cultural, um evento de referência a nível europeu que constitui um ponto de encontro e fórum de debate para profissionais e instituições dedicadas ao Património Cultural.

A sua área expositiva, a diversidade de atividades científicas e profissionais e a sua programação social resultam num evento único que tem por objetivo a promoção, valorização e visibilidade do setor do Património Cultural através da agregação dos diversos agentes e stakeholders. 

Comentários

pub
pub