Já se pode ir outra vez a banhos na Praia de Faro

Município diz que ganha força a hipótese de «crime ambiental»

Já se pode ir outra vez a banhos na Praia de Faro, depois de as novas análises «terem garantido que as águas estão com a qualidade desejada para a prática balnear», acaba de anunciar a Câmara de Faro.

Deste modo, «foi retirada a bandeira vermelha e hasteada a bandeira azul», que, garante a autarquia em nota publicada na sua página no Facebook, «atesta a excelente qualidade da Praia de Faro, enquanto zona estival que cumpre com rigor os mais exigentes critérios ambientais e destino de total confiança para as milhares de famílias que a escolhem como local privilegiado para passarem as suas férias».

Entretanto, a Agência Portuguesa do Ambiente e a Delegada Regional de Saúde Pública estão «a averiguar a origem do foco de contaminação» que ontem, dia 13, tinha levado à interdição da praia.

 

Bandeira verde de novo hasteada esta manhã na Praia de Faro

De acordo a autarquia farense, «ganha força a hipótese de crime ambiental eventualmente perpetrado por uma embarcação ou outro fenómeno esporádico».

Classificando a interdição da praia de Faro como um «episódio pontual», a Câmara faz questão de salientar as «excelentes condições da sua exemplar rede de saneamento», bem como a «grande qualidade» das duas ETAR que servem o concelho e que «são infraestruturas extremamente avançadas do ponto de vista tecnológico e que garantem às populações que Faro é uma das cidades portuguesas mais comprometidas com a preservação do meio ambiente». Uma das ETAR, que serve Faro e Olhão, foi inaugurada há poucos meses.

A Praia de Faro tinha sido interditada pelas autoridades depois de ter sido detetada a presença da bactéria Escherichia coli, vulgo E.coli, em valores muito superiores aos permitidos. Foi mesmo hasteada a bandeira vermelha, proibindo banhos.

Um os nadadores-salvadores que presta serviço na Praia de Faro disse ao Sul Informação que ontem, quando foram interditados os banhos, «toda a gente respeito, salvo casos pontuais».

O mesmo nadador-salvador considera que esta manhã, até porque ainda não era pública a notícia de que já se podia de novo tomar banho naquela zona balnear, «parece estar menos gente que o costume na praia». Mas em breve voltará a enchente do costume, até porque o calor está a apertar. A temperatura da água do mar é que continua pouco convidativa.

 

Bandeira azul também já foi de novo hasteada

Fotos: Hugo Rodrigues | Sul Informação

Comentários

pub
pub