Já são conhecidos os 7 doces do Algarve que vão lutar para ser Maravilhas

Doces vão ser sujeitos a votação do público

Doce fino

O Bolo de Tacho (Monchique), o Doce Fino (Portimão), o Dom Rodrigo (Lagos), o Folar de Olhão, o Folhado de Loulé, o Morgado (Portimão) e o Queijo de Figo (Portimão) são os 7 doces algarvios escolhidos, que vão ser votados pelo público, no concurso 7 Maravilhas Doces de Portugal.

Esta foi a segunda votação feita pelo painel para identificar os 140 doces nomeados que avançam na eleição das 7 Maravilhas Doces de Portugal. A lista foi reduzida a 7 doces por distrito e região autónoma, uma lista final de 140 doces que avançam para votação do público.

O painel de especialistas é constituído por 140 personalidades, 7 de cada distrito e regiões autónomas. No total, a organização recebeu 907 candidaturas, das quais foram selecionadas 420, 21 do Algarve.

«Se existisse uma pastelaria ou confeitaria em Portugal dedicada a confecionar a doçaria portuguesa mais representativa, de maior qualidade e com os sabores que fazem as nossas memórias ou que inovam com produtos da terra, seriam estes 140 doces que encontraríamos nas suas montras», assegura Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas.

«Esta lista e esta eleição permitem valorizar e destacar não só a pastelaria nacional, como as profissões a ela associada. Por isso vamos inclusive desafiar os candidatos à profissão de pasteleiro a criar um doce, com 7 camadas, os 7 sabores mais representativos do nosso país, de forma a estimular a criatividade e o gosto dos jovens cozinheiros por esta área, cada vez mais criativa e desafiante em Portugal. Vai ser um concurso dentro do concurso, em parceria com o Turismo de Portugal, em que esta lista de 140 doces serve de inspiração aos jovens pasteleiros”, acrescenta.

Estes 140 doces vão ser votados pelo público em 20 programas de daytime, a emitir em direto pela RTP, nos meses de Julho e Agosto. De cada programa na RTP sai um pré-finalista que passa às semifinais.

Uma novidade desta edição é a existência de um Grande Júri, órgão de deliberação constituído por 7 figuras do espaço mediático, que será responsável pela da repescagem de 8 candidatos que se irão juntar aos 20 pré-finalistas apurados pelo público, resultando numa lista de 28 pré-finalistas.

Os 28 pré-finalistas são divididos por sorteio pelas duas semifinais, nos dias 24 e 31 de Agosto, dois programas em direto na RTP1, transmitidos em horário nobre.

Em cada semifinal são apurados os 7 doces, aqueles que tenham mais votos contabilizados. Nesta fase os 7 elementos do Grande Júri vão comentar e provar os doces.

A Gala Finalíssima decorre a 7 de Setembro de 2019 e será transmitida pela RTP1, também em horário nobre. Dos 14 finalistas apurados vão ser eleitos 7 doces pelos portugueses como 7 Maravilhas de Portugal.

 

Veja aqui a lista completa dos 140 doces selecionados.

Comentários

pub
pub