Docente de Olhão é “Professora Inovadora do Ano”

Cerimónia de entrega dos prémios Milage decorreu em Lagoa

Lúcia Palma, professora no Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Fernandes Lopes, em Olhão, venceu a categoria “Professor Inovador do Ano” – Mérito Grau Ouro, dos Prémios Milage que foram entregues, no dia 3 de Maio, no Auditório do Convento de S. José, em Lagoa.

Lúcia Palma é licenciada em Matemática pela Universidade do Algarve, e professora desde 2000.

Na cerimónia, que distinguiu, além dos “Professores Inovadores do Ano”, os “Alunos Aprender+ do Ano”, foram ainda premiadas Daniela Pessoa e Sofia Pinto, alunas do 10º ano do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, no Barreiro, com a distinção “Aluno Aprender+ do Ano” – Mérito Grau Ouro.

Além do Mérito Grau Ouro, atribuído às alunas de 10º ano da professora Sílvia Zuzarte, do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, foi também entregue o prémio “Aluno Aprender+ do Ano” – Mérito Grau Prata aos alunos do 10º ano Diogo Silva, Pedro Lima, Gonçalo Pattenden e Rodrigo Reis, da professora Ana Paula Natal, do Agrupamento de Escolas da Cidadela, em Cascais.

Foram ainda distinguidos, com o prémio “Aluno Aprender+ do Ano” – Mérito Grau Bronze, os alunos Maria Barreiros e Gabriel Roque, da professora Sónia Barbosa, do Agrupamento de Escolas de Santo António, do Barreiro.

Já o prémio “Professor Inovador do Ano” – Mérito Grau Prata, foi atribuído à professora Ana Paula Alves, do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches, de Braga, e o prémio “Professor Inovador do Ano” – Mérito Grau Bronze foi entregue à professora Sónia Barbosa, do Agrupamento de Escolas de Santo António, no Barreiro.

Os prémios Milage distinguem os professores que, ao longo do ano letivo 2018-2019, promoveram abordagens pedagógicas inovadoras para motivar os alunos na aprendizagem da matemática, desenvolvendo e partilhando materiais pedagógicos na aplicação MILAGE APRENDER+, desenvolvida na Universidade do Algarve.
Nesta 1ª Edição foram também premiados os alunos que, coordenados pelos seus professores, ao longo do ano letivo 2018-2019, desenvolveram competências transversais e produziram materiais pedagógicos para a plataforma Milage Aprender+.

A 1ª Edição dos Prémios Milage Aprender+ foi organizada pela Universidade do Algarve, em parceria com a Câmara Municipal de Lagoa, a Direção Geral de Educação, a Associação de Professores de Matemática e com o apoio das empresas Turbine Kreuzberg, Vilalara e divespot, SPIC, Visualforma, Promethean, Agua Hotels, Slide&Splash, Dengun e Newteq.

Comentários

pub
pub