Espaços comerciais da Avenida 5 de Outubro não pagam taxas até fim das obras

Esta é uma das medidas tomadas pela autarquia «para minorar os constrangimentos inerentes às obras»

Foto: Rafaela Viana | ETIC_Algarve

Os estabelecimentos comerciais situados na Avenida 5 de Outubro, na zona ribeirinha de Olhão, estão isentos do pagamento de taxas de ocupação de espaço público até que termine a obra de requalificação que decorre naquela artéria da cidade.

A proposta foi aprovada por unanimidade pelo executivo municipal, «que sugeriu esta medida temporária com o objetivo de ajudar a minorar as dificuldades de quem ali exerce a sua atividade económica», diz a Câmara de Olhão.

Numa altura em que existe, naquela avenida, mobilidade reduzida e outros contrangimentos inerentes às obras que ali estão a ser realizadas, o executivo entendeu que até ao final das obras, previsto para final de Maio, os comerciantes não devem ter a seu cargo essa despesa.

Ciente de que, com a requalificação finalizada, todos beneficiarão do novo espaço de lazer e fruição desta zona nobre da cidade, António Pina, presidente da Câmara de Olhão, refere que esta é uma das medidas tomadas pela autarquia «para minorar os constrangimentos inerentes às obras que causam sempre desconforto enquanto não estão finalizadas».

 

 

Retificada às 19h54, corrigindo a entidade que aprovou a medida

 

Comentários

pub
pub