IKEA quer começar a recrutar para a loja de Loulé ainda em 2014

O Grupo IKEA espera abrir o processo de recrutamento para o espaço comercial que irá construir em Loulé no final […]

O Grupo IKEA espera abrir o processo de recrutamento para o espaço comercial que irá construir em Loulé no final deste ano. Uma decisão que está, ainda assim, dependente do evoluir da obra de construção do empreendimento, que junta uma loja da conhecida marca sueca, um “Retail Park” e um centro comercial, cuja «complexidade» já fez a multinacional anunciar que a abertura não acontecerá antes de 2015.

A IKEA Portugal confirmou ao Sul Informação, através do seu gabinete de imprensa, a notícia avançada pelo jornal Diário Económico de que a abertura da loja já não será em 2014, como estava previsto, mas sim em 2015.

Mas não se tratou, salientou, de um adiamento do investimento, antes de uma «evidência de prazos, devido à dimensão dos projetos», que são muito complexos e demorarão mais tempo a implantar do que inicialmente previsto.

O que é certo é que «o investimento de 200 milhões de euros se mantém e o objetivo de criar 3 mil postos de trabalho [nas três valências], a grande maioria dos quais diretos, também».

A multinacional de origem sueca está a manter conversações com o novo executivo da Câmara de Loulé e é cautelosa no anúncio de prazos. «O recrutamento começará, provavelmente, em finais de 2014. Mas, como o resto, depende do avanço da obra», revelou.

Também só mais tarde será possível avançar se as diferentes valências deste empreendimento comercial vão abrir todas ao mesmo tempo. «Temos diferentes experiências. Em alguns casos, abriram todas em simultâneo, mas também já houve outros em que foi faseado, com a loja a abrir primeiro e o centro comercial alguns meses depois», disse a fonte do gabinete de imprensa do grupo.

Ou seja, «os pressupostos da obra mantêm-se», mas ainda é cedo para avançar com prazos concretos. «Quando começarmos a obra, já teremos uma ideia melhor dos timings», revelou a IKEA Portugal, que reafirma que «a loja de Loulé é uma prioridade do Grupo».

A construção deste empreendimento comercial do Grupo IKEA está anunciada há muito e o início do recrutamento chegou a estar previsto para final de 2013 ou princípio de 2014. Na altura em que o grupo revelou ao Sul Informação esta intenção, ainda se apontava para que a abertura do empreendimento acontecesse no segundo semestre de 2014.

A iniciativa do IKEA está enquadrada no Plano de Urbanização Caliços-Esteval, aprovado há quase um ano pela Assembleia Municipal de Loulé.

Neste documento de Ordenamento do Território, é viabilizada a construção do empreendimento e, em contrapartida, o Grupo sueco irá financiar os melhoramentos na Escola de Almancil (100 mil euros), a intervenção nas bacias de ligação ao Estádio Algarve (100 mil euros), os nós de ligação à EN125 (531 mil euros) e criação de redes pedonais e cicláveis (60 mil euros).

 

Comentários

pub
pub