Design apegado à cultura tradicional mostra-se no Museu de Portimão

Uma Alma-Fada, duas E-Cadeiras, um Figue. Estas são apenas algumas das peças originais presentes na mostra “Design & Ofícios”, inaugurada […]

Uma Alma-Fada, duas E-Cadeiras, um Figue. Estas são apenas algumas das peças originais presentes na mostra “Design & Ofícios”, inaugurada no sábado e que pode ser vista no Museu de Portimão até 28 de abril.

Da segunda edição da residência criativa “Design & Ofícios 2”, que decorreu como sempre em São Brás de Alportel, resultaram oito protótipos exclusivos e originais, produto da união criativa entre jovens designers e artesãos.

O projeto pretende aliar a inovação à tradição, criando assim, através de uma residência de três dias, uma incubadora de onde têm surgido novas ideias e soluções ao nível do artesanato, mobiliário e design de equipamento.

As peças agora mostradas no Museu de Portimão têm em comum o recurso a materiais e/ou técnicas artesanais características da serra algarvia, como a cortiça, a empreita de palma, a trapologia.

Segundo os promotores do projeto, pretende-se «criar uma plataforma de apego à cultura tradicional, de criação de oportunidades para os participantes, com base num desenvolvimento sócio-económico sustentável e amigo do ambiente».

Como disseram os responsáveis pelo projeto em recente entrevista ao programa «Impressões», do Sul Informação e da Rádio Universitária do Algarve RUA FM, o objetivo principal é reinventar os produtos artesanais, colocando ao seu serviço o eco design, ao mesmo tempo que se juntam novos criadores a artesãos experimentados.

Na abertura da exposição em Portimão, Bruno Boto, um dos coordenadores da iniciativa, disse ao Sul Informação que as peças resultantes desses fins de semana alargados de criatividade podem ser encomendadas. Para isso, basta contactar o projeto através do site da Associação de Designers do Sul ou do seu email info@ads.org.pt ou do telefone 289878697.

A terceira edição da residência criativa “Design & Ofícios” já está agendada para os dias 7, 8, 9 e 10 de junho, no Antigo Lagar de Azeite (atual carpintaria municipal) de São Brás. As inscrições estão abertas até 20 de maio.

Sandra Louro, uma das comissárias da iniciativa, revelou na inauguração da exposição, no Museu de Portimão, que este ano será dada muita atenção a outro material tradicional da serra algarvia, a tabua, que tem servido ao longo dos séculos por exemplo para fazer os assentos das cadeiras.

Quem sabe o que poderá agora surgir da junção da criatividade dos jovens designers inscritos na residência e dos artesãos com os quais vão trabalhar na terceira edição?

 

Veja aqui mais fotos da inauguração e das peças.

 

 

Comentários

pub