pub
Imprimir

Morreu Helder Renato Rodrigues, presidente do PSD/Portimão

Helder Renato Rodrigues, de 44 anos, presidente do PSD/Portimão e chefe de gabinete do presidente da Câmara de Monchique, morreu esta tarde, de paragem cardio-respiratória, quando estava no seu local de trabalho naquela autarquia.

A morte inesperada de Helder Renato está a causar grande consternação tanto em Monchique, como em Portimão. Rui André, presidente da Câmara de Monchique, de quem Helder Renato era o braço direito, manifestou ao Sul Informação, de forma emocionada, o seu «profundo desgosto» pela partida de «um jovem talentoso, que tinha ainda muito a dar à política».

«Ele foi sempre leal, sempre honesto. Vai fazer-nos muita falta, mas em especial fará falta à sua família, a quem dirijo uma palavra de conforto, nesta hora tão difícil», acrescentou Rui André.

Na sua página de Facebook, o deputado social-democrata algarvio Cristóvão Norte comenta: «era um bom amigo, mesmo bom. Era um tipo sério, mesmo sério. Era um extraordinário militante do PSD. Mesmo PSD, à antiga. Ainda hoje de manhã falámos, mas isto é assim, sempre assim… triste e doloroso».

Para já, ainda não se sabe onde e quando terão lugar as cerimónias fúnebres.

Helder Renato Vieira Duarte Rodrigues era presidente da Comissão Política de Secção do PSD de Portimão há três anos, desde Dezembro de 2014.

Recentemente, enquanto responsável máximo pelos social-democratas portimonenses, Helder Renato tinha estado no centro da polémica que envolveu a negociação com o CDS/PP de uma coligação para concorrer à Câmara de Portimão, nas Eleições Autárquicas de Outubro passado. A coligação, sob a designação de «Servir+Portimão» e que teve como líder o centrista José Pedro Caçorino, acabou por não conseguir ganhar a Câmara, mas elegeu mais um vereador.

Natural de Lubango, Angola, onde nasceu em 1973, Helder Renato Rodrigues foi gestor e consultor de diversas empresas, na área do ambiente e da hotelaria, mas começou a sua carreira no mundo político como chefe de gabinete na Câmara de Arruda dos Vinhos.

Desde 2006 que vivia em Portimão e era chefe de gabinete do presidente da Câmara de Monchique, o social-democrata Rui André, desde 2009.

 

Comentários

pub