Faro recebe conferência sobre as “Oportunidades dos Gases Renováveis – Novos Negócios, Competências e Profissões”

Floene promove debate com autarquia, empresários, gestores e académicos

Conteúdo Patrocinado

A Floene vai promover, no próximo dia 22, no Auditório da Biblioteca Municipal de Faro, a 5ª conferência do seu programa Comunidades de Futuro – ‘Oportunidades dos Gases Renováveis – Novos Negócios, Competências e Profissões’, juntando empresários, gestores, académicos, associações empresariais, autarcas e outros stakeholders a debater de que forma os gases renováveis, como o biometano e o hidrogénio verde, podem contribuir para a transição energética e a descarbonização da economia, e para a criação de novas fileiras de negócio e de novas profissões.

A conferência é aberta ao público, podendo as inscrições ser feitas aqui.

A sessão de abertura será feita por Diogo da Silveira, Presidente do Conselho de Administração da Floene, seguindo-se uma intervenção do CEO da empresa, Gabriel Sousa, sobre como ‘Promover Comunidades Sustentáveis’.

Sophie Matias, vereadora da Câmara Municipal de Faro, irá de seguida dar conta, na sua intervenção, dos desafios associados ao desenvolvimento dos gases renováveis nesta região.

Os debates começam logo a seguir, com o primeiro painel, subordinado ao tema “O potencial dos resíduos na descarbonização e desenvolvimento de novos negócios”, que será moderado por Nuno Nascimento, diretor de Estratégia e Transição Energética da Floene, com intervenções de Aquiles Marreiros, vogal do Algarve 2030, Miguel Nunes, responsável de área técnica e I&D da Algar, e João
Mendonça, diretor técnico da AP Hotels&Resorts

O segundo painel, sobre “Competências e profissões” associadas a esta nova fileira económica, vai ser moderado por Nuno Ferreira, diretor de Gestão de Pessoas da Floene, juntando em debate António Mortal, professor da Universidade do Algarve, António Parreira Afonso, presidente do Grupo Rolear, Madalena Feu, delegada Regional do IEFP Algarve, e Vítor Neto, presidente do NERA.

Após as mesas-redondas, Joana Appleton, Diretora de ESG e Sustentabilidade da Floene, irá apresentar o programa de Responsabilidade Social Corporativa da Companhia, que dá corpo ao propósito da Floene de “Promover Comunidades Sustentáveis” e que integra o tema de transição energética através da utilização dos gases renováveis e da promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável “Educação de Qualidade” (ODS4) e Parcerias para o Desenvolvimento (ODS17).

O encerramento dos trabalhos ficará a cargo de José Macário Correia, presidente da Associação de Regantes do Sotavento Algarvio.

 

Sobre o programa Comunidades de Futuro

O programa Comunidades de Futuro concretiza a política de responsabilidade social da Floene, procurando contribuir para o desenvolvimento social, económico e ambiental de cada comunidade em que a empresa está presente.

Com este programa, a Floene assume-se como facilitadora para uma transição energética justa, fomentando parcerias e aumentando o nível de consciência e educação nacional sobre os gases renováveis, como forma de mitigar as alterações climáticas.

A FLOENE é o maior operador de distribuição de gás em Portugal, estando presente em 106 concelhos de Norte a Sul do País, através dos seus 9 Operadores Regionais de Distribuição de gás (Beiragás, Dianagás, Duriensegás, Lisboagás, Lusitaniagás, Medigás, Paxgás, Setgás e Tagusgás), contando com mais de 1,1 Milhão de clientes ligados.

Com uma rede superior a 13.500 km, constituída maioritariamente por polietileno, a Floene conta com uma das infraestruturas mais modernas da Europa, estando preparada para receber os novos gases renováveis, como o hidrogénio e o biometano.

 





 

Comentários

pub