pub
Imprimir

Plataforma colaborativa para empresas de animação turística vence “Ideias em Caixa 2016”

O projeto Pluralo, de criação de uma plataforma colaborativa entre empresas de animação turística algarvias, foi o grande vencedor do concurso “Ideias em Caixa 2016” do CRIA – Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia da Universidade do Algarve

Esta proposta foi a escolhida pelo júri para ficar com o único prémio monetário, no valor de 5 mil euros, e é uma das quinze vencedoras da 5ª edição do concurso. Uma escolha difícil, tendo em conta «a elevada qualidade e grau de maturidade dos projetos», que foram apresentados por empreendedores algarvios, mas também de outros pontos do país e até estrangeiros, segundo os responsáveis pelo CRIA da UAlg.

A cerimónia de anúncio dos vencedores e entrega do prémio monetário à melhor “Ideia em Caixa” decorreu na passada sexta-feira, dia 14 de Julho, no Museu de Faro. Uma iniciativa onde participaram quase todos os promotores que passaram a primeira triagem e tiveram a oportunidade de melhorar os seus projetos, com a ajuda do CRIA, que promoveu o concurso com o apoio da  Caixa Geral de Depósitos e em parceria com o NERA, a ANJE e o IAPMEI (ver abaixo a lista completa dos vencedores e menções honrosas).

No final, quem teve mais motivos para sorrir foi Natacha Parreira, representante da Pluralo, que falou com o Sul Informação momentos depois de receber o prémio de 5 mil euros e explicou em que consiste o projeto.

«Estamos a desenvolver uma plataforma colaborativa entre os agentes comissionistas que vendem atividades turísticas e os prestadores de serviços. O objetivo é ajudar esses negócios a otimizar a sua operação e a melhorar a sua gestão diária», revelou Natacha Parreira, que propôs esta ideia em conjunto com Pedro Bacalhau e João Bacalhau.

«Percebemos que há muitas lacunas nestes negócios e que fazia falta uma ferramenta que pudesse ser colaborativa e que otimizasse a relação entre os vendedores e os empresários, para que eles possam potenciar as vendas e focar os esforços em ter grandes experiências para os seus clientes finais», considerou.

O público alvo são os prestadores de serviços de animação turística, «mas sabemos que, muitas vezes, estes vendedores comissionistas estão nos hotéis e que este pode ser um negócio interessante para as unidades hoteleiras».

Os promotores do projeto Pluralo já têm «uma plataforma online, em fase de protótipo» e estão neste momento «a testá-la com algumas empresas», naquilo que «é algo mais avançado do que um teste de conceito».

«Antes do fim do ano, contamos ter o projeto já implementado nalgumas operações, para podermos fazer os ajustes necessários. Qualquer empresa que queira juntar-se a esta fase piloto, de forma gratuita, e dar o seu contributo, é bem-vinda», assegurou a co-autora do projeto Pluralo.

Na equipa por detrás desta ideia, Natacha Parreira, designer de formação, é a responsável pela parte mais tecnológica, enquanto os seus sócios têm «muito know how do ponto de vista do produto, da gestão e relações externas».

Nesta edição de 2do “Ideias em Caixa”, salta à vista a ausência de projetos relacionados com a Economia do Mar na lista de vencedores do concurso. Basta dizer que, nas últimas três edições, os projetos que mais se destacaram estão ligados a este setor: Sparos (2007: rações para peixe), Caviar Portugal (2010: aquacultura de esturjão), Mirabilis (2013: maternidade de ostra portuguesa). Em 2004, venceu o projeto GyRad, que deu origem a uma empresa com o mesmo nome.

«É interessante constatar que o Mar, que, no passado, foi um setor de referência de criação  de empresas – até pelo que são as potencialidades da região e por ser uma área de grande desenvolvimento da universidade -, neste caso, não se evidenciou. Nesta edição do concurso, houve algumas diferenças: o setor agro-alimentar destacou-se, o turismo e as TIC também continuam a ser áreas de referência, mas houve uma forte incidência das Indústrias Culturais e Criativas, com ideias inovadoras e diferenciadoras», considerou Hugo Barros, diretor do CRIA, em declarações ao Sul Informação.

Ao todo, foram apresentadas 69 ideias, das quais 36 passaram a esta fase final. «Está em linha com o que tem sido a nossa experiência, no passado. Tivemos um número global de candidaturas menor que no anterior concurso, mas quase todas com um nível de qualidade elevado e muito amadurecidas. Muitas delas foram apresentadas por equipas já com experiência profissional e académica», acrescentou.

«Continuamos a ter muitas ideias muitíssimo interessantes, de pessoal super motivado, ainda que em fases de maturação diferentes, o que é natural. Cabe-nos agora ajudar no que for possível, para desenvolver estas ideias até à fase de consolidação e de crescimento», resumiu Hugo Barros.

 

Lista de premiados do “Ideias em Caixa 2016”

Grande Vencedor:

– Pluralo (TIC)

Vencedores 1º – 15º classificado (sem ordem específica):

– Vegetais Midori (Agroalimentar)
– Encaixa (Atividades Culturais e Criativas)
– Scientura (Atividades Culturais e Criativas)
– Aprenduca (Saúde e Ciências da Vida)
– EDU_PSI (Saúde e Ciências da Vida)
– Droneworks (TIC)
– Packelab (TIC)
– Pluralo (TIC)
– Restyle Marketplace (TIC)
– Robótica Biomimética (TIC)
– Sandworx (TIC)
– BirdAdvisor 360º (Turismo)
– NauticPub (Turismo)
– Corktree Lodge (Turismo)
– The Well’s Garden (Turismo)

Menções Honrosas (sem ordem específica):

– Capitan’s – Fish To Go (Agroalimentar)
– Alimentar (Agroalimentar)
– Histórias Doces (Agroalimentar)
– My Garden (Agroalimentar)
– Plan-a-farm (Agroalimentar)
– Isco (Agroalimentar)
– Kalli Horn (Atividades Culturais e Criativas)
– Muff Inn (Atividades Culturais e Criativas)
– Parede Ativa (Atividades Culturais e Criativas)
– Campus de Reabilitação e Lazer Inclusivo (Saúde e Ciências da Vida)
– Sofia’s Scrubs (Saúde e Ciências da Vida)
– Trolleyamigo (TIC)
– Algarve Status Travel DMC (Turismo)
– Algarve Views & Wine Too (Turismo)
– Remarkable Villas (Turismo)
– Roteiro da Alfarroba (Turismo)
– Global Consulting (Outras Áreas)
– In Pulse (Outras Áreas)
– Organizadamente (Outras Áreas)
– Rachef Company (Outras Áreas)

 

Comentários

pub