pub
Imprimir

Militantes do PSD aprovam coligação com CDS para a Câmara de Portimão

Os militantes do PSD de Portimão aprovaram, no sábado à noite, em assembleia de secção, a possibilidade de o partido concorrer às Eleições Autárquicas de Outubro próximo em coligação com o CDS, apurou o Sul Informação.

Fonte dos social-democratas disse ao nosso jornal que os militantes aprovaram, por larga maioria, «uma proposta para dar confiança à Comissão Política, através de um voto do plenário, afirmando que estamos disponíveis para negociar o acordo com o CDS, cumprindo os estatutos».

A mesma fonte salientou que «deixou de haver a questão de que tinha de ser o PSD a liderar a lista à Câmara».

«Para bom entendedor, meia palavra basta: o que aconteceu é que o partido abriu a porta à possibilidade de se coligar com o CDS, em qualquer das vias», não estando «nada fechado».

A fonte social-democrata que falou com o Sul Informação fez também questão de frisar que «ainda não estamos a falar de lugares» numa futura lista de coligação entre PSD e CDS, embora tenha ficado implícito que até poderão ser os centristas a liderar a lista para a Câmara Municipal, através do seu líder regional, o portimonense José Pedro Caçorino, que já é vereador, eleito pela anterior coligação «Servir Portimão».

Aliás, Caçorino já tinha dito ao nosso jornal que o CDS apenas aceitaria a coligação com os social-democratas em Portimão se o seu partido liderasse a lista à Câmara. Com esta decisão dos militantes do PSD portimonense, e ao fim de mais de um ano de namoro difícil, as portas estão finalmente abertas para que assim seja.

No plenário, «houve algumas vozes discordantes, mas a clara maioria mostrou-se a favor de um projeto que seja para ganhar [a Câmara de Portimão], e para ganhar, nesta altura, tem que ser com o CDS», acrescentou a mesma fonte.

A reunião magna dos militantes laranjas começou, como se previa, com a alteração da ordem de trabalhos, que tinha como «ponto único» da ordem de trabalhos a «ratificação do candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal de Portimão».

É que o principal não foi a discussão de «um nome» para liderar as hostes do PSD nas Autárquicas, apesar de, na reunião de sábado à noite dos social-democratas portimonenses, ter sido dado «parecer positivo do plenário ao nome de Carlos Gouveia Martins», o jovem presidente da JSD/Algarve, que foi mesmo «aprovado totalmente».

E o que se vai seguir agora? Ao longo desta semana, ao que tudo indica e porque o tempo urge, Helder Renato Rodrigues, presidente do PSD/Portimão, deverá reunir-se com a Distrital, para comunicar formalmente o que saiu do plenário. Haverá depois reuniões quer ao nível dos presidentes das Comissões Políticas concelhias (Helder Renato, do PSD, e João Caetano, do CDS), quer das Distritais (David Santos, do PSD, e José Pedro Caçorino, do CDS).

Quando será, finalmente, anunciada a coligação PSD/CDS – ou CDS/PSD – em Portimão é ainda uma incógnita. Mas tudo se prepara para isso.

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
pub