Cívis promove encontro sobre “O Algarve e a água que (não) temos”

Há quatro oradores e quatro visões sobre o problema

“O Algarve e a água que (não) temos” é o tema do encontro marcado para dia 12, quinta-feira, às 18h00, no Club Farense, em Faro, dinamizado pela Cívis- Associação para o Aprofundamento da Cidadania.

Os oradores convidados são Gonçalo Duarte Gomes, arquiteto paisagista, cuja intervenção se denomina “Tem avonde d’água”, Júlio Sousa, diretor municipal de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara de Loulé (“Centrais de Dessalinização no Algarve, uma solução?”), José Paulo Monteiro, coordenador do Centro de Ciências e Tecnologias da Água CTA-UAlg (“A Falta de água – que soluções se vislumbram?”) e ainda Teresa Fernandes, técnica superior da Águas do Algarve (“Água – principais desafios para a região”).

O encontro insere-se no compromisso que a Cívis assumiu de promover um conjunto de iniciativas que terão como objetivo «debater, ouvir, informar, propor e intervir sobre as questões relacionadas com o Ambiente».

«A forte presença e o mediatismo que as alterações climáticas têm ganho no espaço público exigem-nos abrir aos cidadãos o necessário espaço de informação, reflexão e debate, apoiado nos valores do conhecimento científico e social, pela participação de convidados de mérito e ativismo reconhecidos», explica a Cívis.

Comentários

pub
pub