O Dom Quixote algarvio anda “À Babuja”

O espetáculo vai passar pelos concelhos de Faro, São Brás de Alportel, Loulé, Olhão, Vila do Bispo, Lagos, Vila Real de Santo António e Castro Marim

Foto: Diogo Simão

Haverá uma roullote que se transforma em restaurante, numa carrinha-cavalo e até numa praia. O veículo fará uma viagem pelo Algarve para contar uma história que tem como estrutura base a famosa obra Dom Quixote, de Cervantes. “À Babuja”, a nova peça de teatro do LAMA, é um «épico à algarvia» com estreia marcada para o próximo dia 14 de Fevereiro, às 21h30, na Associação Recreativa e Cultural de Músicos, em Faro. 

João de Brito, diretor artístico do LAMA –  Laboratório de Artes e Media do Algarve, explica ao Sul Informação o que será esta nova produção, que faz parte do 365Algarve.

«Pensámos em usar uma carrinha que pudesse ser uma roullote de comidas com produtos típicos algarvios. Claro que isto tem sempre a premissa inicial que depois se vai afinando. Ou seja: esses produtos estarão lá na mesma, passam na história, mas o espetáculo não será sobre eles», diz.

Assim, nasceu a ideia que juntará em palco os atores João de Brito, André Canário e o músico Igor Silva.

«Será um espetáculo com texto, música, mas terá muito trabalho físico também. Baseei-me na estrutura básica do D. Quixote. O André Canário, a certa altura, está a ler livros de fantasia, de cavalaria. Entusiasma-se e decide que tem de partir em viagem em busca da sua amada Dulcineia na sua carrinha-cavalo. Assim começa todo este épico», conta, sorridente.

Este será um espetáculo na rua que, apesar de ter uma carrinha como ponto central, não sairá do sítio.

 

João de Brito

 

«Sofrerá é várias transformações. Será a carrinha-cavalo do D. Quixote, o restaurante do Sancho Pança, uma praia, possivelmente uma Feira Medieval… Ao longo da história teremos sempre aquele contraste entre a fantasia e o lado alucinado do D. Quixote e o mais realista do Sancho Pança», explica.

Tudo será «condimentado» com «coisas típicas do Algarve». Por exemplo: a armadura do D. Quixote será com…bóias da praia. As próprias comidas do restaurante, no qual será transformará, a certa altura, a carrinha, serão tipicamente algarvias.

O nome “À Babuja” também é uma «expressão muito algarvia». «É algo que quer dizer muita coisa – estar à beira-mar, estar ali à beirinha de qualquer coisa, perto das pessoas. Mas babujar o marisco, por exemplo, significa tirar-lhe a areia», enquadra João de Brito.

Depois da estreia, em Faro, o espetáculo vai passar pelos concelhos de São Brás de Alportel, Loulé, Olhão, Vila do Bispo, Lagos, Vila Real de Santo António e Castro Marim.

Por agora, o LAMA está numa roda-viva de ensaios. «Estamos na reta final da preparação. Temos ainda de fechar algumas coisas. Não queríamos que o Dom Quixote morresse, como acontece na história real», conta.

Este é também um espetáculo especial por ser o primeiro das comemorações dos 10 anos desta companhia artística.

«Tenho boas expetativas, é um espetáculo para toda a família, o que me interessa muito, e ao ar livre. Terá um carácter cómico também, o facto de ter pouco texto também está relacionado com ser na rua. Acho que as pessoas se vão identificar», conclui.

Para comprar bilhetes para as sessões que são a pagar, clique aqui.

 

Todas as datas: 

 

Faro:

14 de Fevereiro, 21h30, Associação Recreativa e Cultural de Músicos

15 de Fevereiro, 16h00, Associação Recreativa e Cultural de Músicos

10 de Maio, 18h30, Associação Recreativa e Cultural de Músicos

 

São Brás de Alportel:

16 de Fevereiro, 11h00, Jardim Carreira Viegas

 

Loulé:

28 de Fevereiro, 17h00, Junta de Freguesia de Alte

29 de Fevereiro, 11h00, Cerca do Convento, Loulé

1 de Março, 16h00, Praça do Mar, Quarteira

 

Olhão:

4 de Fevereiro, 16h00, Largo da Igreja, Moncarapacho

5 de Fevereiro, 17h00, Zona Ribeirinha da Fuzeta

9 de Maio, 21h30, Largo da Igreja de Pechão

 

Vila do Bispo: 

12 de Abril, 17h00, Largo do Infante (Sagres)

3 de Maio, 17h00, Largo dos Pescadores da Praia da Salema

 

Lagos:

2 de Maio, 18h00, Praça Gil Eanes

 

Vila Real de Santo António:

8 de Maio, 18h00, Praça Marquês de Pombal

 

Castro Marim:

16 de Maio, 17h00, Feira Terra de Maio, Azinhal

 

Comentários

pub
pub