Algarvio Ricardo Teodósio é o Campeão de Portugal de Ralis

Piloto algarvio conquistou título que há muito perseguia

Foto: Nelson Inácio|Sul Informação

O algarvio Ricardo Teodósio sagrou-se Campeão de Portugal de Ralis hoje, dia 2 de Novembro, ao acabar o Rallye Casinos do Algarve na 2ª posição da geral. O piloto da Guia, a jogar em casa, conseguiu um título que teve muito perto de conquistar há um ano e que há muito procurava.

A dupla Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia) não precisou de ser mais rápida que os vencedores do rali algarvio, a equipa formada por Bruno e Hugo Magalhães (Hyundai i20) para garantir o título absoluto.

À entrada para a nona e derradeira prova do campeonato, Teodósio liderava a geral com 140,44 pontos, contra os 132,38 do segundo classificado, Bruno Magalhães. Depois de ter acabado o primeiro dia deste Rallye Casinos do Algarve na terceira posição, o piloto algarvio conseguiu subir hoje ao 2º lugar, garantindo os pontos necessários para vencer o campeonato.

 

 

Na época passada, Ricardo Teodósio esteve muito perto de vencer o campeonato, também no Algarve. Depois de ter acabado o primeiro dia no topo da tabela classificativa, o piloto da Guia estava a ser o mais rápido no segundo dia de prova, mas partiu o motor e ficou de fora.

Desta vez, Teodósio vingou-se e trouxe um título de Campeão de Portugal para o Algarve, algo que não acontecia desde 1987.

Este foi o primeiro título de campeão conquistado por Ricardo Teodósio, num ano em que o piloto algarvio conseguiu duas vitórias e três segundos lugares nas provas que compuseram o calendário.

 

Classificação final:

1- Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai i20), 1h 10m 53,4 s

2 – Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia), a 16,1 segundos

3 – Alexandre Camacho/Jorge Henriques (Skoda Fabia), a 1m 00,6 s

4 – Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20), a 1m 06,1 s

5 – Pedro Almeida/Miguel Ramalho (Skoda Fabia), a 2.53,6 s

Campeonato

1 – Ricardo Teodósio, 150,92 pontos

2 – Bruno Magalhães, 146,86

3 – Armindo Araújo, 134,94

4 – José Pedro Fontes, 115,60

5 – Pedro Almeida, 76

Comentários

pub
pub