Lancha da Marinha está no Algarve para ajudar a estudar tsunamis

Andrómeda vai estar no Algarve até 3 de Novembro

A lancha hidrográfica da Marinha Andrómeda está, desde 7 de Outubro, a navegar ao longo da costa do Algarve para mapear sedimentos marinhos e para ajudar a fazer a descrição da estrutura morfo-sedimentar do fundo marinho.

Esta missão, que decorre até 3 de Novembro, no âmbito do Programa de Mapeamento dos Sedimentos Marinhos (SEDMAR) e do projeto de investigação OnOff, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, «irá contribuir para a reconstrução de eventos de tsunami na plataforma continental do Algarve, baseado em evidências encontradas na estrutura sedimentar».

A lancha Andrómeda está também a fazer levantamentos geofísicos e colheitas de sedimentos.​

Comentários

pub
pub