Polícia Marítima de Vila Real de Santo António apreende tonelada e meia de sardinha no feriado

O pescado foi vendido em leilão na Docapesca de Vila Real de Santo António

A Polícia Marítima de Vila Real de Santo António apreendeu, no dia 15 de Agosto, perto de 1500 quilos de sardinha, que tinha sido capturada por uma embarcação de pesca comercial, na noite de quinta-feira, feriado nacional, período em que esta espécie se encontra sob proteção e defeso.

O Comando-local da Polícia Marítima tinha iniciado, pelas 21h00, «uma operação de fiscalização com a monitorização, observação e acompanhamento, para posterior abordagem, de embarcações a exercerem a atividade de captura de sardinha em período interdito».

No âmbito desta ação, foram «abordadas e fiscalizadas duas embarcações de pesca comercial, licenciadas e em operação de pesca com arte do cerco, tendo como espécie alvo a sardinha».

Uma delas tinha capturado e mantinha a bordo cerca de 1500 quilos de sardinhas, apesar de ser proibido pescar esta espécie no feriado.

Além de ter sido lavrado o auto de notícia, foi também apreendida a tonelada e meia de sardinha, como medida cautelar. O pescado foi vendido em leilão na Docapesca de Vila Real de Santo António, tendo o produto da venda revertido para o Estado, «ficando este montante a aguardar o desenvolvimento dos trâmites do respetivo processo de contraordenação instaurado», explica a Polícia Marítima.

A operação contou com a participação de cinco elementos da Capitania do Porto e do Comando-local da Polícia Marítima de Vila Real de Santo António, bem como de uma embarcação de alta velocidade da Polícia Marítima e uma viatura todo-o-terreno.

 

Comentários

pub
pub