Canastras da sardinha voltaram a voar no cais de Portimão

Centenas de pessoas, entre as quais muitos turistas estrangeiros, aguentaram quase duas horas à torreira do sol de Agosto, para não perder pitada da recriação

 

Para abrir o apetite para o Festival da Sardinha, que começa amanhã, o Museu de Portimão recriou a descarga tradicional da sardinha, no cais junto à ponte velha.

Na encenação, participaram dezenas de pessoas, desde os funcionários do Museu aos membros de diversas associações de Portimão. Todos vestiram a pele dos pescadores, estivadores, compradores, das mulheres da salga, das crianças, que nos anos 70 davam vida e colorido à lota e ao cais.

Comentários

pub
pub