Avaria parou helicópteros do INEM de Loulé e Évora

Metade do país esteve sem socorro médico aéreo na noite do passado sábado


Devido a uma avaria e ao limite de horas de trabalho dos pilotos, os helicópteros do INEM de Loulé e Évora não levantaram voo.

Os pedidos de transporte de doentes graves do Algarve para Lisboa tiveram de ser assegurados por ambulância.

A Babcock, responsável pela manutenção dos hélis, garantiu à RTP que os aparelhos estiveram indisponíveis em momentos diferentes mas reconhece que houve constrangimentos.

Comentários

pub
pub