Há 2,8 milhões para projetos de inclusão social no Algarve

Estabelecimentos de ensino da rede pública e centros do IEFP são os potenciais beneficiários

Foto: Gonçalo Dourado|Sul Informação

Há 2,8 milhões de euros à espera de apoiar projetos algarvios de promoção da inclusão social e combate à pobreza e qualquer tipo de discriminação e menos de um mês para apresentar candidaturas.

Está aberto até ao dia 14 de Agosto um concurso do Programa Operacional CRESC Algarve 2020 para apoiar a capacitação para a inclusão e combate à discrimição visando a promoção de oportunidades iguais, a participação ativa e melhorar a empregabilidade» segundo a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

«Os potenciais beneficiários deste aviso são os estabelecimentos de ensino da rede pública, tutelados pelo Ministério da Educação, e a rede de centros do Instituto de Emprego e Formação Profissional, I. P., incluindo os centros de gestão participada, com o intuito de realizar ações de formação ao abrigo do Programa Formação em Competências Básicas, nos termos da regulamentação aplicável», revelou a mesma entidade.

A meta é apoiar 1.417 participantes de grupos desfavorecidos em formação de percursos formativos.

Comentários

pub
pub