Cortelha volta a servir Manjares Serranos

Entrada é gratuita

Jantarinho de grão ou galo guisado com batatas são alguns dos Manjares Serranos que a aldeia da Cortelha, no interior do concelho de Loulé, vai servir no próximo dia 3 de Agosto. 

Já é tradição no primeiro sábado de Agosto realizar-se, na Cortelha, a festa dedicada à gastronomia serrana que inclui também o Festival de Folclore da Serra do Caldeirão, que este ano conta com a participação de 4 ranchos folclóricos e etnográficos.

Além do grupo anfitrião, o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão – Cortelha, o evento vai dar a conhecer as danças e cantares de vários pontos do país, com a atuação do Rancho Etnográfico Danças e Cantares da Barra Cheia, do concelho da Moita, da Velha Guarda do Folclore da Nazaré e do Rancho Folclórico de Vinhó, do concelho de Gouveia.

Em paralelo, será possível aos visitantes degustar os pratos típicos da zona serrana algarvia como o jantarinho de grão, galo guisado com batatas, borrego com grão, javali estufado, papas de milho ou petiscos variados como a orelha de porco, o chouriço e presunto caseiro, sempre acompanhados da variada doçaria regional algarvia e da aguardente de medronho.

Como habitualmente, não faltarão as tradicionais filhós lêvedas, feitas também no local, de acordo com a mestria e o saber de antigamente.

Após o jantar haverá baile ao som do acordeão de Valter Cabrita e será ainda possível apreciar e adquirir peças artesanato aos artesãos do Caldeirão, presentes na festa.

O evento decorrerá no renovado pavilhão do polidesportivo da Cortelha, um recinto cada vez melhor preparado para acolher esta iniciativa da Associação dos Amigos da Cortelha, «que conta com a dedicação inigualável das gentes da terra, fator essencial para que ao longo destes 19 anos consecutivos os Manjares Serranos tenham conquistado um lugar de destaque no calendário gastronómico e folclórico da região», diz a organização.

Os Manjares Serranos e o Festival de Folclore da Serra do Caldeirão têm entrada livre e contam com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Salir, do Turismo do Algarve, do INATEL e da Escola de Salir.

Comentários

pub
pub