Biblioteca de Odemira expõe “No limiar do efémero”

Artur Efigénio é natural de S. Teotónio

A exposição “No limiar do efémero”, da autoria de Artur Efigénio, é inaugurada na próxima sexta-feira, 15 de Março, às 18h00, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira. 

A mostra estará patente até dia 4 de Abril.

Artur Efigénio é um artista plástico, natural de S. Teotónio. Desenvolve a sua atividade tentando estabelecer uma forte conexão com a terra, a natureza e tudo o que nos faz sentir e imaginar.

«Os temas abordados vão desde a origem de tudo até ao concreto, visível e palpável, utilizando óleo, acrílico, materiais reciclados e areia, que utiliza para despertar emoções e sentimentos que estimulam o aprofundamento da razão estética», diz a Câmara de Odemira.

Comentários

pub
pub