“Anomalia” de Vasco Vidigal expõe-se no Museu de Faro

Esta mostra encerra a edição de 2018/19, do ciclo de arte contemporânea “A Arte Faz Bem?”

A exposição de pintura “Anomalia”, de Vasco Vidigal, é inaugurada este sábado, 16 de Março, às 18h00, no Museu Municipal de Faro. 

Esta mostra encerra a edição de 2018/19, do ciclo de arte contemporânea A Arte Faz Bem?,— uma proposta da Artadentro em colaboração com o Município de Faro e o Museu Municipal.

Com “Anomalia”, Vasco Vidigal junta à curadoria a dimensão de autor, conforme a sua vocação e formação de base.

Aqui, propondo uma reflexão sobre anomalia: entendida no sentido do fenómeno inesperado que vem colocar em causa o paradigma vigente. De facto, tal evento originador de crises, embora geralmente incómodo a espíritos mais conservadores, é também factor de renovação e construção de novas “certezas” até que venha a seguinte e inevitável anomalia.

O ciclo de arte contemporânea “A Arte Faz Bem?”, incluindo quatro exposições, teve início em Outubro de 2018 e termina a 12 de Maio, com curadoria da Artadentro, realizado em colaboração com o Museu Municipal de Faro e apoiado pelo Município de Faro.

Trata-se de uma iniciativa que procura contribuir para a dinamização da atividade artística no Algarve, bem como para a criação e formação de públicos.

Vasco Vidigal (Lisboa, 1958), frequentou em 1988/89, o curso de Iniciação às Artes Plásticas na Sociedade Nacional de Belas Artes em Lisboa e, de 1990 a 1997, realizou o Plano de Estudos Completo do Ar.Co, em Lisboa.

Expõe desde 1996, em mostras coletivas e individuais, em Portugal e no estrangeiro, onde a sua obra integra coleções particulares. Foi co-fundador do projecto Artadentro que, desde 2002, desenvolve em Faro com Ana André e Manuel Rodrigues.

Comentários

pub
pub