Noite da passagem de ano será fria, com vento, mas sem chuva

Na costa sul, haverá ondas de sueste com 1,5 a 2,5 metros

A noite da passagem de ano será fria, com pouca ou nenhuma nebulosidade e vento fraco a moderado do quadrante leste, acaba de anunciar o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), na sua previsão especial para o fim de ano. Ou seja, o IPMA afasta de vez a possibilidade de alguns chuviscos na noite de 31 para 1, que tinha avançado há poucos dias.

Segundo aquela instituto, até ao dia 1 de Janeiro, «o estado do tempo no continente será influenciado por um anticiclone relativamente intenso localizado sobre o Golfo da Biscaia e por uma depressão, pouco cavada, centrada junto a Marrocos, com maior expressão nos níveis altos e em deslocamento gradual para oeste».

Assim, predominará o céu pouco nublado ou limpo, podendo, no entanto, apresentar temporariamente períodos de maior nebulosidade na costa sul do Algarve e haver formação de neblinas e nevoeiros matinais na bacia do Douro.

O vento será fraco a moderado do quadrante leste, sendo por vezes moderado a forte nas terras altas das regiões Centro e Sul e na costa sul do Algarve até meio da tarde de dia 1.

A temperatura máxima do ar deverá variar entre 14 e 18ºC, exceto no interior Norte e Centro onde deverá ser inferior, aproximadamente entre 10 e 14ºC.

O IPMA acrescenta que a temperatura mínima do ar deverá variar entre 4 e 8ºC na generalidade do território, sendo inferior nas regiões do interior Norte e Centro, aproximadamente entre 0 e 4ºC, e superior na costa sul do Algarve, entre 8 e 10ºC.

Prevê-se acentuado arrefecimento noturno, com formação de geada nas regiões do interior, em especial do Norte e Centro.

Mas atenção aos banhos de 1 de Janeiro: até ao meio da tarde de dia 31, diminuindo gradualmente, haverá ondas de sueste com 1,5 a 2,5 metros na costa sul do Algarve.

Comentários

pub
pub