João Oliveira volta a vencer Algarviana Ultra Trail

Atleta vencedor estabeleceu novo recorde

Foto: ALUT, publicada no Facebook

João Oliveira, atleta da Chaves Run Team – Associação Desportiva Dragões de Chaves, venceu, pelo segundo ano consecutivo, a Algarviana Ultra Trail (ALUT), que terminou este domingo, 2 de Dezembro, ao completar os 300 quilómetros de prova em 41 horas e 50 minutos.

O atleta estabeleceu, assim, um novo recorde na prova, pois conseguiu acabar o percurso em menos uma hora e 14 minutos do que no ano passado.

À chegada ao Cabo de São Vicente, em Sagres, João Oliveira confessou que o mais difícil da prova «foram as condições climatéricas».

Em segundo lugar, ficou o japonês Iino Wataru, que já participou em várias provas do circuito mundial e terminou a ALUT em perto de 46 horas.

João Faustino, a correr pelo Pronto a Comer A Cozinha Portimão, fechou o pódio, demorando mais de 54 horas para fazer o percurso entre Alcoutim e Sagres.

Na vertente feminina, a francesa Sylvie Mathis foi a grande vencedora, com mais de 60 horas de prova. A algarvia Patrícia Carvalho garantiu o segundo lugar no pódio feminino, depois de, no ano passado, ter sido a única mulher a participar na prova.

Quanto à categoria por equipas, a “Helpo@ALUT”, que correu pela reflorestação de Monchique e foi constituída por Paulo Alves, Francisco Dias, Rosa Silvestre e Marcelo Dias, foi a vencedora.

Em segundo lugar, ficou a “ATR -Algarve Trail Running” (Ana Peixinho, José Pina, Ivo Roque e Lúcio Sustelo), seguida da “LouléGest”, constituída por Marisa Francisco, Nuno Martins, João Martins e Vicélio Mendes.

A ALUT percorreu a Via Algarviana, de Alcoutim a Sagres. A segunda edição foi organizada pela ATR –Associação Algarve Trail Running, com o apoio da Região de Turismo do Algarve, da ANA –Aeroportos de Portugal e da Associação Almargem.

Comentários

pub
pub