Governo paga primeiros apoios aos pescadores de sardinha

Este apoio visa compensar a paragem temporária da atividade, em 2018

O Ministério do Mar pagou hoje os primeiros apoios aos pescadores de sardinha, como compensação pela paragem temporária da atividade, em 2018, motivada pela preservação deste recurso.

Hoje foram liquidados pelo IFAP 1 milhão e 378 mil euros, «correspondentes às primeiras candidaturas, abrangendo, de imediato, 400 pescadores e 45 embarcações», segundo o Ministério do Mar.

A portaria da ministra do Mar Ana Paula Vitorino que enquadra estas compensações determina que cada mestre de embarcação vai receber 2400 euros, enquanto os demais pescadores recebem 1920 euros.

«Os pagamentos referentes às restantes candidaturas e bem assim das segundas tranches destes apoios, serão efetuados no final de cada mês, à medida que os respetivos comprovativos sejam submetidos pelos beneficiários e validados pelos competentes serviços administrativos», concluiu a tutela.

Comentários

pub
pub