Brexit e reforço das ligações aéreas a Lisboa no topo da lista do novo presidente da ATA

João Fernandes tomou esta segunda-feira posse como novo presidente da Associação Turismo do Algarve

A Associação Turismo do Algarve já está a preparar um plano de promoção dirigido ao mercado do Reino Unido, para «reforçar a capacidade de fidelizar o mercado britânico», numa altura em que o Brexit está por meses.

Esta segunda-feira, o dia em que tomou posse como novo presidente da Associação Turismo do Algarve (ATA), João Fernandes anunciou que, ainda antes de ter sido oficializado como presidente da entidade responsável pela promoção turística do Algarve a nível internacional, já começou a trabalhar com a equipa da ATA, para acautelar o futuro.

«O mais recente modelo de promoção e comercialização externa prevê um novo mecanismo de financiamento, que são os Planos de Produto e Mercado. Atendendo a essa disponibilidade da parte do Governo, nós, ainda antes de tomar posse e em conjunto com a equipa da ATA, começámos a desenhar uma proposta que visa reforçar a capacidade de fidelizar o mercado britânico», revelou o também presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA).

Esta proposta «será depois enriquecida pelos membros da direção que hoje tomaram posse» e surge como «um complemento ao Plano de Atividades e Orçamento da ATA».

Como João Fernandes já havia explicado ao Sul Informação, esta nova linha de financiamento destina-se a planos que juntem mais do que uma região turística de Portugal.

No caso do Brexit, «sabemos que temos de começar a agir e seremos mais fortes se concertarmos esforços com outras regiões que tenham o mesmo problema, como é o caso da Madeira».

 

 

Esta será uma das linhas de força da ATA, num futuro próximo, mas não a única. O novo presidente desta entidade também deixou claro que é necessário reforçar a ligação do Algarve ao hub de Lisboa.

«Não estamos a falar, naturalmente, de reforçar, apenas, a ligação entre Faro e Lisboa, mas sim da capacidade que esse reforço pode trazer para melhor acomodar viajantes que vêm de países como o Brasil, os Estados Unidos ou o Canadá, que atualmente ficam demasiadas horas à espera de uma ligação para o Algarve», explicou.

Por outro lado, também se melhoraria a ligação aos principais mercados emissores do Algarve. «Sabemos hoje que rotas como as que vêm da Alemanha e da França para Lisboa trazem, muitas vezes, passageiros cujo destino final é o Algarve».

«O que está em causa é uma conversação com a TAP. Tivemos uma primeira reunião com o seu presidente e queremos continuar a trabalhar para que isto seja uma realidade nos próximos tempos», acrescentou.

 

 

No seu primeiro discurso enquanto presidente da ATA, João Fernandes voltou a reforçar uma ideia que já havia defendido durante a campanha eleitoral: a necessidade de o Algarve «falar a uma só voz».

É que há vantagens em que as duas entidades tenham o mesmo presidente, defendeu em declarações aos jornalistas, à margem da sessão de tomada de posse. «Recordo a campanha “Algarve, o Segredo mais Famoso da Europa”, que foi um trabalho feito numa época em que o presidente da RTA acumulava, por inerência, a presidência da ATA», disse.

«Queremos retomar esse trabalho conjunto. Não faz sentido que haja uma campanha promocional do Algarve que concerte os recursos disponíveis na RTA e os que estão alocados à ATA. Essa sinergia pode, com a mesma capacidade instalada, ter naturais benefícios em termos de eficácia», considerou João Fernandes.

No fundo, trata-se de, «com os mesmos recursos, tentar fazer melhor».

O novo presidente da ATA anunciou, ainda, que, a partir de agora, a tónica será colocada na «comercialização do produto», uma área em que, na sua visão, o Algarve ainda apresenta lacunas.

«Somos muitas vezes reconhecidos pela capacidade de promover o destino, mas não tanto por transformar esse esforço em proveitos para a região», resumiu.

 

CONSTITUIÇÃO DA NOVA DIREÇÃO DA ATA

Assembleia Geral
Presidente – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), representada por Álvaro José Viegas
Secretário – Associação Vilamoura Visitors, Residentes & Conventions Bureau, representada por Isolete Correia
Vogal – Proactivetur, Lda., representada por João Ministro

Direção
Presidente – Região de Turismo do Algarve, representada por João Fernandes
Vice-Presidente – Grampiam, SA, representada por Daniel do Adro
Vice-Presidente – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) representada por Duarte Correia
Vice-Presidente – Benamor – Actividades Turísticas, SA., representada por João Oliveira e Sousa
Vice-Presidente – Vila Monte – Desenvolvimento de Exploração Turística, SA, representada por Francisco Moser
Vice-Presidente – Sociedade Turística da Penina SA, representada por Rúben Paula

Conselho Fiscal
Presidente – Castro Marim Golf and Country Club, representada por Ricardo Cipriano
Vice-Presidente – Eva Sociedade Hoteleira SA, representada por Ana Sofia Almeida
Vogal – Verão Garantido Lda., representada por Lourenço Ribeiro

Comentários

pub
pub