João Fernandes é o novo presidente da ATA após eleição renhida

A lista A de João Fernandes obteve 116 votos, contra os 106 da lista B, encabeçada por Carlos Luís

João Fernandes foi eleito esta segunda-feira presidente da Associação de Turismo do Algarve e vai acumular este cargo com o de presidente da Região de Turismo do Algarve. As eleições foram marcadas por uma forte participação dos associados da ATA e por uma luta renhida, com a lista A a acolher 116 votos contra os 106 da sua opositora, a lista B, encabeçada pelo recandidato Carlos Luís.

Esta será a primeira vez que o presidente da RTA acumula a presidência da ATA, desde que houve uma alteração à lei e o responsável máximo por esta última entidade passou a ser eleito por um conjunto de entidades públicas e privadas – antes o presidente da RTA também o era, por inerência, da ATA.

Na Assembleia Geral da ATA de ontem, durante a qual decorreu a votação, participaram 186 associados, com direito a um total de 223 votos. É que alguns dos membros desta associação, responsável pela promoção turística da região a nível internacional, têm direito a dez votos – nomeadamente as associações empresariais.

A tomada de posse de João Fernandes ainda não tem data marcada mas acontecerá antes do final do ano, já que os estatutos da ATA determinam que este ato deve acontecer até um prazo máximo de 15 dias após as eleições.

A partir daí, o presidente eleito da associação promete fazer aquilo com que «se comprometeu na campanha». «Vamos trabalhar com uma equipa mais nova e qualificada. Queremos envolver mais as empresas na promoção externa da região», enquadrou João Fernandes, em declarações ao Sul Informação.

Outro objetivo é «potenciar as sinergias entre quem define a estratégia de desenvolvimento turístico do Algarve e a entidade que promove a região internacionalmente», ao mesmo tempo que «se aproveitam melhor os recursos humanos e financeiros».

João Fernandes voltou a reafirmar a sua vontade de «envolver mais os agentes do setor», prometendo «tentar ter uma cobertura territorial mais ampla».

O futuro da promoção externa da região também deverá passar «por uma maior atenção à diversidade da oferta», indo além do Sol e Praia e do Golfe e dando maior ênfase a nichos como o Turismo de Natureza e Turismo Náutico. «Afinal, 40% do território do Algarve está sob proteção ambiental».

O futuro presidente da ATA fez questão de «cumprimentar» seu opositor e a todos os que participaram na votação – «os que votaram em mim e os que não votaram» -, prometendo trabalhar com todos, a partir do momento em que tome posse. «Um exercício que envolve duas listas é sempre estimulante para as organizações», considerou.

As eleições de ontem também determinaram que Álvaro Viegas, da ACRAL, continuará a ser o presidente da Assembleia Geral da ATA, eleito, igualmente, pela lista A.

 

CONSTITUIÇÃO DA NOVA DIREÇÃO

Assembleia Geral
Presidente – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), representada por Álvaro José Viegas
Secretário – Associação Vilamoura Visitors, Residentes & Conventions Bureau, representada por Isolete Correia
Vogal – Proactivetur, Lda., representada por João Ministro

Direção
Presidente – Região de Turismo do Algarve, representada por João Fernandes
Vice-Presidente – Grampiam, SA, representada por Daniel do Adro
Vice-Presidente – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) representada por Duarte Correia
Vice-Presidente – Benamor – Actividades Turísticas, SA., representada por João Oliveira e Sousa
Vice-Presidente – Vila Monte – Desenvolvimento de Exploração Turística, SA, representada por Francisco Moser
Vice-Presidente – Sociedade Turística da Penina SA, representada por Rúben Paula

Conselho Fiscal
Presidente – Castro Marim Golf and Country Club, representada por Ricardo Cipriano
Vice-Presidente – Eva Sociedade Hoteleira SA, representada por Ana Sofia Almeida
Vogal – Verão Garantido Lda., representada por Lourenço Ribeiro

Comentários

pub
pub