Almodôvar aprova orçamento de 16,6 milhões para 2019

Orçamento teve votos contra do PSD

O orçamento municipal de Almodôvar, de 16,6 milhões de euros, foi aprovado, por maioria, na passada sexta-feira, 30 de Novembro, pela Assembleia Municipal daquele concelho alentejano.

O documento contou com 17 votos a favor, da bancada dos eleitos do Partido Socialista, e quatro votos contra, da bancada do PSD.

Também o mapa de pessoal para 2019 foi aprovado, com 17 votos a favor por parte do PS e quatro abstenções oriundas dos deputados municipais eleitos pelo PSD.

António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar, realça que, em 2019, «manteremos os apoios sociais para a melhoria da qualidade de vida de cada cidadão, pois, para nós, as pessoas estão em primeiro lugar».

O autarca frisa ainda «a aposta em áreas emergentes e necessárias para o desenvolvimento global e sustentável do concelho e da região».

«Este orçamento tem fortes componentes no desenvolvimento sustentável, principalmente em três áreas distintas: desenvolvimento económico, com destaque para o apoio ao empreendedorismo, criação de uma incubadora de empresas, implementação de uma nova Área Industrial e Plataforma Logística junto à Autoestrada do Sul e o estímulo ao comércio local, à empregabilidade no concelho e à captação de investimento privado», diz.

No ambiente, o destaque vai para a área das eficiências energética e hídrica, beneficiação de edifícios municipais para poupança de energia, substituição progressiva de condutas de água de abastecimento público em todo o concelho e a continuidade nos projetos de requalificação de habitações e zonas de lazer para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

Na área social, «pretende-se manter a política atual ao nível das funções sociais do município com destaque para a construção de uma nova Creche. Os jovens vão também continuar a ser alvo de atenção municipal, assim como todos aqueles que mais precisam do nosso apoio», conclui António Bota.

Comentários

pub
pub