Silves: Samuel Úria é o próximo convidado do “Lado B”

Bilhetes para o concerto já estão à venda

Foto: Martyna Mazurek | Sul Informação

Samuel Úria é o próximo convidado do “Lado B”, de Silves, com concerto marcado para o dia 7 de Dezembro, às 21h30, no Teatro Mascarenhas Gregório. 

Nesta noite, além da interpretação dos seus êxitos, «Samuel Úria dará a conhecer o seu “Lado B”, num serão informal, certamente marcado pelas histórias da sua carreira como músico e compositor», diz a Câmara de Silves.

Os ingressos para este espetáculo custam 8 euros, podendo ser adquiridos no Museu Municipal de Arqueologia de Silves (282 440 838 | museu.municipal@cm-silves.pt) e na Casa-Museu João de Deus, em São Bartolomeu de Messines (282 440 892 | casamuseu.joaodeus@cm-silves.pt). As reservas deverão ser levantadas obrigatoriamente até ao final do dia 3 de Dezembro.

Samuel Úria nasceu em Tondela, em 1979. Apresentado na sua biografia oficial como “meio homem meio gospel, mãos de fado e pés de roque enrole”, é considerado um dos mais originais autores portugueses e no seu currículo conta com temas escritos para nomes como António Zambujo, Ana Moura, Clã ou Kátia Guerreiro.

Fez parte do movimento FlorCaveira, editora discográfica independente portuguesa fundada em 1999.

Samuel Úria fez parte de alguns projetos musicais, mas foi em nome próprio que se conseguiu captar a atenção do grande público, primeiro com a edição de “Em Bruto” e, posteriormente, com o seu primeiro álbum “ Nem Lhe Tocava”, destacando-se na qualidade das suas composições musicais e da sua escrita.

Em Junho de 2009, o músico escreveu e gravou num só dia o álbum “A Descondecoração de Samuel Úria”. A composição do álbum foi filmada e transmitida em direto via internet, a partir de sua casa, enquanto os seus fãs forneciam sugestões por email.

Em 2013 lançou o seu terceiro LP “Grande medo do Pequeno Mundo”.

Após a edição de ‘Carga de Ombro’, lançado em 2016, Samuel Úria lançou recentemente o miniálbum, com quatro novos temas, “Marcha Atroz”.

Participou recentemente no espetáculo “As canções de Cohen”, um tributo à vida e às canções de Leonard Cohen, em parceria com nomes como Jorge Palma, David Fonseca, Márcia e Mazgani.

Comentários

pub