Monumentos da Direção Regional de Cultura aumentam número de visitantes no primeiro semestre

Os monumentos tutelados pela Direção Regional de Cultura do Algarve – Fortaleza de Sagres, Ermida de Guadalupe (Vila do Bispo), […]

Foto de arquivo

Os monumentos tutelados pela Direção Regional de Cultura do Algarve – Fortaleza de Sagres, Ermida de Guadalupe (Vila do Bispo), Monumentos Megalíticos de Alcalar (Portimão) e Ruínas Romanas de Milreu (Faro) – aumentaram, no seu conjunto, o número de visitantes no primeiro semestre deste ano, em comparação com o período homólogo

No primeiro semestre deste ano, passaram pelos monumentos 197.142 visitantes, enquanto que no período homólogo tinham sido 168.033. Estes números revelam um aumento global de 17,32%.

«A afluência de visitantes nos diferentes monumentos não é simétrica, quando comparada com o ano anterior», diz a Direção Regional de Cultura do Algarve.

Em alguns dos espaços, «a tendência verificada foi de manutenção ou ligeira redução em relação aos valores do ano passado, mas, mais uma vez, foi na Fortaleza de Sagres que se verificou o crescimento mais expressivo, contribuindo para os valores globais alcançados», acrescenta.

A nível global, e à semelhança dos anos anteriores, são os estrangeiros quem mais visita os monumentos, numa percentagem 87,64% contra 12,36% de nacionais.

Esta tendência foi contrariada nos Monumentos Megalíticos de Alcalar em que o número de nacionais representou 54,84% das visitas, superando os estrangeiros com 45,16%.

Comentários

pub
pub