Fragata Hermione chega já amanhã a Portimão

Uma réplica da fragata “Hermione”, navio da classe Concorde, a bordo do qual o Marquês de Lafayette embarcou em direção à […]

Uma réplica da fragata “Hermione”, navio da classe Concorde, a bordo do qual o Marquês de Lafayette embarcou em direção à América do Norte, em 1780, vai atracar já esta terça-feira, 8 de Maio, em Portimão. 

A receção à fragata será feita por um cortejo náutico que acompanhará a entrada no estuário do Rio Arade.

A fragata estará na cidade algarvia de terça a quinta-feira, dia 10 de Maio, e é o ponto de central das comemorações no Algarve do Dia da Europa, que se assinala a 9.

Nesse dia, a embarcação francesa vai receber a bordo a cerimónia institucional do hastear da bandeira da União Europeia, ao som do hino da Europa, às 10h00, e as intervenções oficiais também estão marcadas para o Porto de Portimão.

A fragata que transportou o Marquês de La Fayette até aos Estados Unidos da América, em 1780, para lutar pelo lado revolucionário na Guerra da Independência dos Estados Unidos da América, vai também estar aberta a visitas, durante os três dias, entre as 9h30 e as 17h30, e a zona do porto será transformada na “Village La Fayette”, com animação até às 23h00 e vários stands de gastronomia, artigos francófonos e também do Centro Europe Direct Algarve.

As visitas à fragata vão custar 3 euros, para adultos, e 1 euro para crianças, dos 6 aos 12 anos.

Em paralelo com estas atividades, estão ainda marcadas, para o mesmo dia, duas sessões intituladas “Europa nas estórias a falar francês”, na Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, e «múltiplas iniciativas paralelas, envolvendo as escolas e o movimento associativo», adianta a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

Da parte da tarde do dia 9, às 14h30, realiza-se uma sessão aberta ao público dedicada à discussão da Estratégia Regional para o pós-2020, no Café Concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, pretendendo-se, segundo a CCDR, «o envolvimento dos variados atores económicos e sociais da região».

Durante todo o dia, o Museu Municipal de Portimão terá entrada livre, no âmbito da campanha “A Europa na Minha Região – Europe in my Region”, «que visa dar a conhecer aos cidadãos projetos desenvolvidos como apoio dos fundos da União Europeia na sua área de residência».

A fragata La Fayette foi reconstruída em 2015, de acordo com a traça original, e «é o único navio no mundo construído inteiramente em madeira, utilizando materiais naturais e que continua a navegar pelos oceanos e veio ao Algarve por iniciativa da UFE – União dos Franceses no Estrangeiro (Delegação do Algarve), com o apoio do Município de Portimão e do Programa Operacional CRESC Algarve 2020, encarnando o espírito de partilha subjacente ao Ano Europeu do Património Cultural’2018», explica a CCDR Algarve.

As comemorações do Dia da Europa no Algarve são organizadas pela CCDR Algarve, pelo Centro de Informação Europe Direct do Algarve, pelo programa operacional CRESC Algarve 2020 e pelo Município de Portimão.

Integrada num evento público, a vinda da fragata para Portimão é uma iniciativa organizada pela delegação algarvia da associação Union des Français de l’Étranger (UFE) que se insere nos valores humanistas portugueses e franceses, sendo esta escala da Hermione «vista como uma ocasião perfeita para reforçar a francofonia que há tanto tempo une estas duas nações», segundo a organização.

Pela sua relevância, foram convidados para a receção da Hermione a Presidência da República Portuguesa, a Marinha Portuguesa e Francesa, as Embaixadas Francesas e dos Estados Unidos da América entre outras instituições governamentais.

Com o apoio do município de Portimão e dos municípios de Lagoa, Faro, Loulé, Olhão, Silves, Lagos, entre outros, «encontram-se reunidas todas as condições para um evento memorável», diz a organização.

Ao longo destes três dias haverá um programa dedicado com espetáculos de música e animação, jantares temáticos a bordo, exposições e conferências, com entrada livre.

A escala em Portimão insere-se no cruzeiro “Voyage Hermione 2018 – Libres ensemble de l’Atlantique à la Méditerranée” de quatro meses e meio que teve inicio em Fevereiro passado em La Rochelle (França) e inclui paragens em Tânger (Marrocos), Barcelona (Espanha), Sète (França), Toulon (França), Marselha (França), Port Vendres (França), Bastia (França), Portimão (Portugal), Pasaia (Espanha), terminando a 16 de Junho, em Bordéus (França).

A UFE – Union des Français de l’Étranger é a mais importante associação mundial de franceses no estrangeiro. Está presente em 150 países através de 170 representações de direito local e reconhecida como de utilidade pública. Festeja este ano 90 anos.

As finalidades da associação são o acolhimento, a convivialidade, a solidariedade e a difusão do esplendor da França no estrangeiro.

Comentários

pub
pub