Lagos: Homem que esfaqueou pai da companheira acusado de tentativa de homicídio e violência doméstica

Um homem de 46 anos que esfaqueou o pai da companheira, em Novembro, em Lagos, foi acusado pelo Ministério Público […]

Um homem de 46 anos que esfaqueou o pai da companheira, em Novembro, em Lagos, foi acusado pelo Ministério Público pela prática de crimes de violência doméstica, homicídio qualificado na forma tentada e violação de domicílio.

O arguido, que vai enfrentar julgamento perante tribunal coletivo, viveu, segundo conta o Ministério Público, com a companheira «durante cerca de cinco anos numa localidade do concelho de Santiago do Cacém. Durante esse período, segundo a acusação, o arguido injuriou e ameaçou de morte, repetidamente, a vítima, além de a proibir de contactar frequentemente com a sua mãe e o padrasto e de sair com amigas».

No início de Novembro de 2017, «para por termo a essa situação, a companheira deixou o arguido e foi viver para casa da mãe e do padrasto, em Lagos».

Também de acordo com a acusação, «dois dias depois, no dia 3 de Novembro, o arguido, não aceitando o fim da relação, foi à referida casa, onde, exibindo uma faca, entrou sem autorização e agarrou na sua ex-companheira para a obrigar a ir consigo. Perante a oposição do padrasto da ofendida, o arguido desferiu naquele dois golpes com a faca que o obrigaram a ser assistido imediatamente no hospital de Portimão».

O homem está em prisão preventiva desde 4 de Novembro.

A investigação foi dirigida pelo Ministério Público da secção de Lagos do DIAP de Faro com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Comentários

pub
pub