PSD já escolheu os candidatos às 16 Câmaras algarvias

Candidatos independentes em Olhão e Vila do Bispo e coligações em 10 dos 16 concelhos do Algarve. O PSD revelou […]

Candidatos independentes em Olhão e Vila do Bispo e coligações em 10 dos 16 concelhos do Algarve. O PSD revelou esta quarta-feira, dia 21 de Junho, a lista oficial dos candidatos do partido às Câmaras da região, nas eleições de dia 1 de Outubro, onde há predominância de coligações que juntam o PSD ao CDS-PP, ao MPT e ao PPM.

Nesta lista final foram anunciados os candidatos a Alcoutim, Olhão e Vila do Bispo, os únicos que ainda estavam por fechar.  No concelho do nordeste do Algarve o candidato é Jorge Inácio, em Olhão foi escolhido Luciano Jesus, que à semelhança de Afonso Nascimento, candidato em Vila do Bispo, é independente.

Estes três candidatos são apoiados por coligações PSD/CDS-PP/MPT/PPM, fórmula que se repete em Faro, onde Rogério Bacalhau é recandidato à Câmara, em Lagos e em São Brás de Alportel, onde os cabeça de lista são, respetivamente, Nuno Serafim e Bruno Costa.

Em Portimão, a coligação é formada pelos mesmos partidos, mas liderada pelo CDS-PP, o partido do candidato José Pedro Caçorino.

Os outros concelhos onde o PSD vai a votos coligado são Aljezur e Loulé (PPD/PSD, CDS-PP e MPT), onde os cabeças de lista serão Hélder Cabrita e José Graça, e Castro Marim (PSD/CDS-PP), onde Francisco Amaral é recandidato.

A “solo” vão a votos os atuais edis Carlos Silva e Sousa (Albufeira) e Rui André (Monchique), bem como Conceição Cabrita, a atual vice-presidente da Câmara de VRSA, onde Luís Gomes já atingiu o limite de mandatos. José Inácio (Lagoa), Rogério Pinto (Silves) e Elsa Cordeiro (Tavira) são os outros candidatos que concorrem só com as cores do PSD.

Segundo revelaram os social-democratas algarvios, o processo de escolha dos cabeça-de-lista foi marcado por «abertura e disponibilidade para a criação de consensos alargados – envolvendo movimentos espontâneos ou organizados da sociedade civil e outras forças políticas – que permitam apresentar soluções de governação local que corresponda aos legítimos interesses e ambições da comunidade».

O PSD destaca ainda «a elevada participação de cidadãos independentes nas listas aos diversos órgãos autárquicos, em particular em Olhão e Vila do Bispo», onde «a presença de independentes é muito significativa e emana de movimentos espontâneos da sociedade civil, visando sempre e em primeiro lugar a defesa dos interesses das populações de cada um dos concelhos».

Clique aqui para ver o Mapa Interativo (e em atualização constante) com todos os candidatos já anunciados às Câmaras do Algarve.

Comentários

pub
pub