No próximo Verão, nascerá mais uma praia no Algarve: a de Odeleite

O projeto ainda não está concluído, mas a ideia e a estratégia estão já bem definidas. A Câmara de Castro […]

Barragem de Odeleite _1O projeto ainda não está concluído, mas a ideia e a estratégia estão já bem definidas. A Câmara de Castro Marim quer criar uma praia fluvial em Odeleite, na albufeira da barragem ali existente, para potenciar o turismo nesta freguesia já de si muito procurada pela gastronomia e levar mais gente ao interior do concelho.

«O projeto está a ser feito e está bem encaminhado. Ainda hoje tive uma reunião com os serviços do ministério do Ambiente em Faro sobre este assunto. Eu espero que para o ano já exista a praia e que possamos lá tomar banho» , disse o presidente da Câmara de Castro Marim Francisco Amaral, em entrevista ao Sul Informação.

Barragem de Odeleite _2O edil castromarinense não esconde as altas expetativas que tem em relação à futura praia fluvial de Odeleite, a instalar num terreno que foi, entretanto, adquirido pela  Câmara. «O projeto é interessantíssimo. Terá zonas verdes, apoios de praia e uma zona de estar. Será uma mais valia importante para a economia local», considerou.

E nem sequer se trata de colocar Odeleite no mapa, pois já há visitantes da região que vão propositadamente a esta aldeia do Barrocal, ainda que não seja para ir a banhos. «Há ali quatro ou cinco restaurantes que os espanhóis já descobriram. Todos nós sabemos que em Espanha se come mal. Ao fim-de-semana é uma loucura, fazem pontaria para Odeleite para ir lá comer», ilustrou.

«Se complementarmos esta oferta gastronómica com uma praia fluvial, será ouro sobre azul. Vejo nisto uma maneira de vencer a desertificação e o isolamento. Penso que as coisas estão bem encaminhadas para que Odeleite consiga dar a volta por cima», acredita Francisco Amaral.

Esta é apenas uma das ideias que o executivo castromarinense tem, no sentido de dinamizar o turismo no concelho. Na calha, está um parque de autocaravanas, que será instalado «no campo de futebol», em substituição da zona  destinada a estes veículos já existente à entrada da vila, que Francisco Amaral considera não ser digna.

Por outro lado, está a ser idealizada uma rede de ciclovias, que complementarão os percursos pedestres e cicláveis já existentes, até porque, na visão do edil, Castro Marim tem «um potencial imenso no campo do turismo ambiental e de natureza».

Comentários

pub
pub