Museu Municipal de Lagos assinala 86 anos com visitas orientadas, dia aberto e conferência

Visitas orientadas ao Museu Municipal Dr. José Formosinho, Igreja de Santo António e ao Mercado dos Escravos, um dia aberto […]

igreja de santo antónio em LagosVisitas orientadas ao Museu Municipal Dr. José Formosinho, Igreja de Santo António e ao Mercado dos Escravos, um dia aberto nos vários espaços museológicos municipais ou a oportunidade de conhecer, de perto, o livro onde se pode ler a ata da sessão em que foi criado o Museu (23 de agosto de 1930), são algumas das propostas que irão marcar a comemoração dos 86 anos do Museu de Lagos.

Nesse mesmo dia 23 de Agosto, a UNESCO assinala o Dia Internacional de Lembrança do Tráfico de Escravos e da sua Abolição, um tema que tem tudo a ver com Lagos, sobretudo depois da abertura do Núcleo Museológico da Escravatura e da criação da Rota da Escravatura, à descoberta de vários espaços da cidade.

Aliás, nas visitas guiadas ao Museu, Igreja e Mercado de Escravos, será destacado o papel privilegiado destes equipamentos no encontro de culturas, testemunhadas em coleções de variadas origens.

O programa das comemorações inclui ainda, às 19h00, uma conferência, aberta ao público, sobre o tema “Os Escravos do Vale Gafaria (Lagos): o que nos dizem os seus ossos”, com as professoras Teresa Ferreira, Sofia Wasterlain, Ana Rufino e Catarina Coelho, do Laboratório de Antropologia Forense do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra.

Todas as iniciativas são gratuitas, sendo que algumas carecem de inscrição obrigatória.

 

PROGRAMA:

♦ 10h30 e 14h30
Visita orientada no Museu Municipal Dr. José Formosinho (2 sessões)
Inscrições obrigatórias através do e-mail: museu1930lagos@gmail.com ou 282762301

♦ 10h30 e 14h30
Visita orientada no Mercado de Escravos (2 sessões)
Inscrições obrigatórias através do e-mail mercado.escravos@cm-lagos.pt ou 961864708

♦ 10h00-13h00 / 14h00-18h00
Dia Aberto nos Equipamentos Culturais
Entrada gratuita nos espaços museológicos da autarquia: Museu, Forte Ponta da Bandeira, Mercado de Escravos e Armazém do Espingardeiro (este último das 10h às 13h)

♦ 19h00
Conferência “Os Escravos do Vale da Gafaria (Lagos): o que nos dizem os seus ossos” – Centro Cultural de Lagos
Com Teresa Ferreira, Sofia Wasterlain, Ana Rufino e Catarina Coelho – Laboratório de Antropologia Forense (Universidade de Coimbra)

♦ 23 a 28 | 10h00-13h00 / 14h00-18h00
Peça em destaque no Museu Municipal
O livro em que se encontra a ata da sessão em que foi criado o museu – 23 de agosto de 1930 estará em destaque na Sala de Lagos (e em www.facebook.com/museuformosinho).

Comentários

pub