Mendes Bota assume novas funções na Comissão Europeia

O algarvio José Mendes Bota acaba de assumir as funções de “High-Level Political and Parliamentary Adviser” na Delegação da União […]

Mendes BotaO algarvio José Mendes Bota acaba de assumir as funções de “High-Level Political and Parliamentary Adviser” na Delegação da União Europeia junto do Conselho da Europa, em Estrasburgo, sendo o número dois desta representação diplomática.

Mendes Bota tinha renunciado, há ano e meio, às suas funções como deputado do PSD eleito pelo Algarve, para trabalhar, em Bruxelas,na Comissão Europeia, como membro do gabinete do Comissário Carlos Moedas. Nessas funções, seguiu de perto sectores como a Bioeconomia, Agricultura, Pescas, Florestas, as chamadas Ciências Sociais e Humanidades, bem como as questões da Igualdade de Género na Ciência e Investigação e as relações com o Comité das Regiões, entre outras.

O antigo deputado algarvio foi selecionado para esta missão, pelo prazo de quatro anos, na sequência de concurso aberto pelo European External Action Service.

Para o êxito da candidatura, contribuiu a sua longa experiência em instituições como o Parlamento Europeu, a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa e a Assembleia Interparlamentar Europeia de Segurança e Defesa, entre 1988 e 2014, a que se somou desde então o serviço até agora prestado na Comissão Europeia.

A União Europeia tem presentemente 139 delegações espalhadas pelo mundo, oito das quais junto de organizações internacionais, como é o caso, e que estão na dependência política da Alta Representante da União para as Relações Externas e Política de Segurança, Federica Mogherini, que exerce também as funções de Vice-Presidente da Comissão Europeia.

Entre outras atribuições, Mendes Bota irá focar-se na atividade da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa e do Congresso dos Poderes Locais e Regionais, nas relações entre o Parlamento Europeu e a APCE, bem como nos programas de cooperação entre a União Europeia e o Conselho da Europa para a defesa dos direitos humanos, o reforço das instituições democráticas e a promoção dos princípios do Estado de Direito.

Comentários

pub
pub