Campeões do mundo e europeus escolheram VRSA para preparar Jogos Olímpicos

Vários atletas medalhados a nível europeu e mundial, entre os quais campeões do mundo, escolheram o Centro de Alto Rendimento […]

Complexo Desportivo de VRSA_2

Vários atletas medalhados a nível europeu e mundial, entre os quais campeões do mundo, escolheram o Centro de Alto Rendimento (CAR) de Vila Real de Santo António para fazer parte da sua preparação para os Jogos Olímpicos, que se vão disputar no Rio de Janeiro, este Verão, bem como para o Campeonato Europeu de Atletismo, que Amesterdão irá receber.

Durante o mês de Abril, o centro acolheu mais de 2 mil estágios desportivos, entre os quais o campeão mundial de lançamento do disco Piotr Malachowski (Polónia), que conquistou este título nos mundiais disputados em Pequim, no ano passado, e o vice-campeão do mundo de heptatlo Oleksiy Kasyanov (Ucrânia), que venceu a medalha de prata nos mundiais de pista coberta, que tiveram lugar já em 2016, em Portland.

Destaque ainda para Laura Ikauniece-Admidina (Letónia), medalha de bronze em heptatlo também nos mundiais de Pequim, Adam Kszczot (Polónia), campeão europeu de 800 metros em Zurique 2014 e Rasmus Magi (Estónia), medalha de prata nos europeus de Zurique 2014 na prova de 400 metros barreiras.

No lote de atletas portugueses, as atenções centram-se na marchadora Ana Cabecinha, já pré-selecionada para as olimpíadas de 2016, que procura o objetivo de conseguir uma medalha no Rio de Janeiro, depois de ter sido quarta classificada nos últimos mundiais.

Além destes galardoados, encontra-se também em preparação um grupo de atletas paralímpicos britânicos que integra o atleta Nathan Stephens, campeão mundial em 2011 no lançamento do disco.

O Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António foi integrado, em 2015, pela Fundação do Desporto, na rede nacional de Centros de Alto Rendimento Desportivo, estando vocacionado para as modalidades de atletismo, judo, futebol, triatlo e natação.

«Atualmente, é um dos mais credenciados equipamentos a nível nacional e europeu e constitui uma referência para o estágio de equipas e atletas, integrando nas suas estruturas de topo um centro médico que dá apoio aos treinos de alta competição, promovendo a reabilitação de atletas e a maximização da performance das equipas», segundo a Câmara de VRSA.

Os CAR procuram atender às necessidades das federações desportivas, detetar e potenciar talentos desportivos, possibilitar estágios, avaliar, controlar e otimizar o treino, auxiliar a investigação científica e monitorizar resultados.

Comentários

pub
pub