Inscrições no Festival de Caminhadas do Ameixial abrem esta semana

Há muita gente que espera ansiosamente pela oportunidade de se inscrever nas iniciativas que o Festival de Caminhadas do Ameixial […]

Walking Festival AmeixialHá muita gente que espera ansiosamente pela oportunidade de se inscrever nas iniciativas que o Festival de Caminhadas do Ameixial vai promover. Só terão de esperar até sexta-feira, dia em que será aberto o período de inscrições nas muitas atividades que irão decorrer entre os dias 22 e 25 de Abril.

O Walking Festival Ameixial, que instala a sua base na aldeia que lhe dá nome, deverá atrair ao interior do Algarve «várias centenas de participantes», o que no caso da localidade louletana, equivale a dizer que o evento «triplica a população da aldeia».

ameixial_walking festival_1O festival tem vindo a crescer a todos os níveis, com destaque para o alcance e notoriedade, o que leva a que, logo após se ter começado a falar da 4ª edição, muitos tenham demonstrado interessados em inscrever-se. «Temos recebido muitos emails a perguntar quando abrem as inscrições», revelou João Ministro, da empresa ProActiveTur, uma das muitas entidades que fazem parte da comissão organizadora do festival.

Uma espera que tem os dias contados, já que a partir de 4 de Março os interessados poder-se-ão inscrever online, no novo site do evento, que também será lançado no mesmo dia.

Na sexta-feira, os promotores do Walking Festival Ameixial (WFA) vão estar na Bolsa de Turismo de Lisboa, onde farão a primeira apresentação oficial da edição de 2016 e até oferecerão presentes, particularmente úteis a quem goste de se fazer aos caminhos e trilhos, para desfrutar da natureza e do património.

Quem assistir à apresentação que será feita no stand do Turismo do Algarve da BTL, entre as 14h15 e as 14h45, não só ficará a saber os pormenores do programa do WFA, como também poderá caminhar para fora das instalações da Feira Internacional de Lisboa (FIL) munido de um Kit que será sorteado pelos organizadores do festival, composto por um bordão do projecto TASA, por uma t-shirt oficial do evento e por barras Energéticas de Querença (BEQ).

As novidades a anunciar juntam-se às que o Sul Informação, media partner do festival, já adiantou, no seguimento de uma conversa que manteve com Bruno Rodrigues, da Cooperativa Qrer, criada no âmbito do projeto Querença e que promove o evento com a Câmara de Loulé, Pedro Barros, um dos responsáveis pelo Projeto Estela, que estuda a Escrita do Sudoeste, e o empresário João Ministro.

Nessa ocasião, ficou-se a saber que a edição de 2016 do WFA terá mais um dia do que as anteriores, contará com mais caminhadas e atividades e terá nova oferta em torno da Escrita do Sudoeste, valor patrimonial do território que acolhe o evento.

Também foi anunciada a possibilidade de fazer pré-reservas em restaurantes, para garantir refeições nos dias do festival, já que a resposta da aldeia do Ameixial, habituada a menos clientela, é limitada. As reservas poderão ser feitas no novo site do festival, que também oferecerá «descrições detalhadas dos percursos e informação sobre alojamento».

Walking Festival AmeixialDias antes da apresentação do evento em Lisboa, João Ministro levantou um pouco mais o véu sobre a edição de 2016. «Teremos uma atividade dinamizada pela Sara Navarro, que coze barro segundo as técnicas usadas  na idade do ferro. Teremos, numa das noites, uma grande fogueira, onde as peças de cerâmica serão cozidas. Também contaremos com a presença de uma jornalista internacional, que trabalha para um órgão especializado em caminhadas», revelou.

Por outro lado, haverá uma aposta forte na divulgação do Glamping, «um tipo de campismo, muito natural, em que se usam tendas diferentes, como as Yurts mongóis e outras», que poderá ser uma oportunidade para as empresas de turismo de natureza algarvias. «Vamos ter presentes duas empresas de Glamping, uma da Serra da Estrela e a outra do Alentejo», anunciou o empresário algarvio.

O 4º Festival de Caminhadas de Ameixial é uma iniciativa do Município de Loulé e da QRER – Cooperativa de Desenvolvimento dos Territórios de Baixa Densidade, com organização da Proactivetur e do Projecto ESTELA, contando ainda com a parceria da Junta de Freguesia de Ameixial, do Grupo Desportivo de Ameixial, da Direcção Geral do Património Cultural, do Museu Municipal de Loulé e o jornal Sul Informação. A iniciativa conta também com o apoio da Região de Turismo do Algarve.

Comentários

pub
pub