Albufeira já pode recorrer ao Fundo de Emergência Municipal de 798 mil euros

A Câmara de Albufeira já pode recorrer ao Fundo de Emergência Municipal para a reparação dos danos provocados pelas cheias […]

Cheias Albufeira (73)A Câmara de Albufeira já pode recorrer ao Fundo de Emergência Municipal para a reparação dos danos provocados pelas cheias do dia 1 de novembro.

No despacho ontem publicado em Diário da República, autorizando finalmente o Município a recorrer ao fundo, está previsto um investimento de 798 mil euros, com comparticipação de 478,8 mil euros (60%), para beneficiação de ruas, estradas e caminhos, aluguer de viaturas, máquinas e a reparação das escadas rolantes da Praia dos Pescadores.

A reparação da Avenida da Liberdade é a mais dispendiosa, sendo que mais de 317 mil euros do investimento total é aplicado nesta obra. Em segundo lugar, surge a reparação das Escadas Mecânicas da Praia dos Pescadores, avaliada em mais de 200 mil euros.

O Fundo considera ainda investimentos na reposição de pavimentos danificados a poente da Avenida 25 de Abril (84 mil euros), o aluguer de viaturas com condutor e máquinas com operador, por motivos de urgência imperiosa (61,5 mil euros) e a reposição de pavimentos danificados a Nascente do Largo Eng.º Duarte Pacheco (134,5 mil euros).

Prejuízos albufeiraNo despacho conjunto dos secretários de Estado das Autarquias Locais e do Orçamento, lê-se que Albufeira «sofreu danos significativos em instalações de atividades económicas, infraestruturas e outros bens ou equipamentos, na sequência da intempérie de 1 de novembro de 2015».

A publicação vem na sequência do reconhecimento, pelo Conselho de Ministros, a 6 de novembro do ano passado, da «excecionalidade das condições meteorológicas» que afetaram Albufeira. Esta decisão permitiu assim o recurso ao Fundo de Emergência Municipal (FEM).

A 2 de fevereiro deste ano a CCDR Algarve tinha dado o seu parecer positivo à candidatura albufeirense ao FEM.

Comentários

pub
pub