Quatro dias após temporal, RTA manifesta «solidariedade» com populações afetadas

A Região de Turismo do Algarve (RTA), em nota assinada pelo seu presidente, expressou esta tarde a sua «solidariedade às […]

Cheias Albufeira (7)A Região de Turismo do Algarve (RTA), em nota assinada pelo seu presidente, expressou esta tarde a sua «solidariedade às populações e aos comerciantes dos municípios algarvios afetados pela intempérie que no domingo passado atingiu a região, em particular Albufeira, onde a enxurrada provocou estragos consideráveis em grande parte da cidade».

«O Algarve sempre deu sinal de saber ultrapassar as maiores provações, pelo que estamos convictos de que, com o esforço e o empenho coletivos, a normalidade poderá regressar em breve à região», salienta Desidério Silva, presidente da RTA e ex-presidente da Câmara de Albufeira.

Afirmando-se «consciente das suas atribuições e especiais responsabilidades na promoção do Algarve», a RTA disponibiliza-se para, «com os meios ao seu dispor, prestar toda a ajuda necessária na recuperação das zonas mais afetadas e para colaborar com o Governo e com as instituições públicas e privadas, no sentido de encontrar as mais variadas formas de apoio financeiro aos lesados».

«O Algarve é o principal destino turístico do país, fruto de um trabalho coletivo e continuado por parte dos residentes e dos profissionais do setor», sublinha a nota assinada por Desidério Silva, emitida quatro dias depois do temporal.

A RTA acrescenta que, «com o habitual espírito solidário que caracteriza os algarvios, os efeitos do mau tempo do último fim de semana não colocarão em causa o desempenho da região, por todos tão estimada».

«Estamos confiantes que os resultados turísticos do destino continuarão positivos, estando a RTA já a trabalhar no sentido de os consolidar nos próximos anos», conclui Desidério Silva.

Comentários

pub
pub