“Descaroçados” apresentam-se nos Sunset Secrets do Castelo de Silves

Os “Descaroçados” serão a grande atração da próxima edição dos Sunset Secrets – Quintas do Castelo, que terá lugar no […]

“Descaroçados”Os “Descaroçados” serão a grande atração da próxima edição dos Sunset Secrets – Quintas do Castelo, que terá lugar no dia 9 de julho, entre as 18h30 e as 23h00, no Castelo de Silves.

O grupo DesCaroÇaDos reúne os músicos algarvios João Frade, Luís Henrique e João Melro, com o objetivo de efetuar uma pesquisa musical sobre novas correntes estéticas, tentando, a partir de um processo de fusão, encontrar novos caminhos de (re)invenção.

Influenciados pela música improvisada, pela música do sul da Europa e incluindo alguma portugalidade, que é usada como bandeira do grupo, este trio composto por acordeão, baixo e bateria, que prevê lançar ainda este ano um trabalho discográfico, produz uma música livre e sem preconceitos.

Todos os participantes nos Sunset Secrets – Quintas do Castelo poderão desfrutar, não só dos espetáculos musicais, todos eles de world music, mas de outras ofertas, já que, a partir das 19h00, haverá massagens de relaxamento gratuitas pela terapeuta Lúcia Guerreiro e convidada.

Os concertos iniciam-se às 19h30 e são compostos por duas partes. Durante o intervalo, há uma demonstração gastronómica (inovação da tradição), feita pelo Café Castelo de Silves e pela Rota dos Vinhos do Algarve, sobre um produto do concelho, com destaque para o primeiro gin de Silves, a cerveja artesanal de alfarroba, a laranja, os vinhos, os medronhos e os licores, entre outros, promovendo-se ainda a cataplana algarvia.

No final do concerto, há uma performance de dança oriental e de fusão por Mónica Pereira.

Os bilhetes custam 5 euros para o público em geral e 2 euros para residentes no concelho (mediante comprovativo).

Para mais informações, os interessados podem contactar o sector de Turismo do Município de Silves, através do telefone 282 445 624 ou do email turismo@cm-silves.pt

 

SOBRE OS MÚSICOS:

João Frade

Nasceu em Abril de 1983 e reside em Albufeira, de onde é natural. Frequentou, desde os 8 anos, a escola de música E.T.A.C. a cargo do professor e seu grande amigo Hermenegildo Guerreiro.

Desde muito cedo pisou vários palcos como instrumentista solista e participou nos mais variados eventos relacionados com o acordeão e não só, sendo premiado em inúmeros concursos realizados em Portugal.

Em 2002 viaja até França para frequentar a prestigiada escola C.N.I.M.A., considerada uma das melhores escolas de acordeão do mundo, e meses depois sagra-se Campeão do Mundo, ao vencer o Troféu Mundial de Acordeão realizado em Belluno (Itália).

Poucos dias depois vence o concurso Internacional de Castelfidardo (Itália) e em seguida destaca-se novamente ao obter o primeiro lugar na Copa do Mundo que teve lugar em Copenhaga (Dinamarca), conseguindo assim uma proeza nunca antes conseguida, dado que ninguém tinha vencido estes concursos todos no mesmo ano.

Ao longo da sua carreira tem trabalhado com vários artistas e projectos musicais de visibilidade internacional, entre os quais: Airto Moreira e Flora Purim, Bernardo Moreira, Pedro Jóia, Cristina Nóbrega, Omara Portuondo, Lura, Maria João e Mário Laginha, Jorge Pardo, Carles Benavent, Paulinho Lêmos, Eduardo Paim, Yami, Ritinha Lobo, Fernando Maurício, Carmen Souza, Marc Berthoumieux, Ludovic Beier, Marenostrum, Fanfarra Alfares, Adiafa, Baile Popular, Edú Miranda, Tuniko Goulart, Marian Petrescu, entre outros.

 

João Melro

Nascido a 31 de Julho de 1979 na que é hoje a República Bolivariana da Venezuela, veio em tenra idade viver para Faro, Portugal, país de origem de seus pais.

Em pequeno frequentou aulas de piano e música tanto no conservatório como no ensino particular. Desistiu entretanto do piano e encontrou anos depois a bateria, aquele que é hoje o seu instrumento.

Começando pelo género rock, passou rapidamente ao jazz, blues, reggae entre outros. Integrou diversos grupos musicais tendo tocado no Festival de Jazz de Loulé, no Festival de Músicas do Mundo de Sines, Festival Med, Festival “Jazz no Inverno” de Faro, “Sextas de Jazz” no Teatro Lethes em Faro, BB Blues Fest, entre outros.

Tocou com nomes como Zé Eduardo, Carlos Barreto, David Gausden, Jean Paul Rena, Miguel Martins, Hugo Alves, Tuniko Goulart, Manuela Lopes, entre outros.

 

Luís Henrique

Nascido em 1980, Luís Henrique inicia o seu percurso na música em 2001, tendo escolhido como instrumento musical e seu veículo de comunicação o baixo elétrico.

Tendo inicialmente estudado uma componente mais erudita, rapidamente começa a explorar vários tipos de linguagem musical e a certeza de querer fazer da música a sua vida rapidamente ganha forma.

Entre os nomes com os quais colaborou, destacam-se os seguintes: Manuela Lopes, Daniel de Moraes, Zé Eduardo, Paulinho do Trompete, João Frade, Tuniko Goulart, Yami, Johan Zachrison, Jean Paul Rena, Miguel Martins, Osvaldo Pegudo, Ricardo Coelho, Hugo Alves, Filipa Sousa, João Gil, Tinto Beat.

Tem tocado regularmente um pouco por todo o País e não só, em vários tipos de eventos.

Comentários

pub