Detidos do caso da Portimão Urbis ouvidos pelo “Super Juiz” em Lisboa

Os cinco detidos no caso da Portimão Urbis serão amanhã, quinta-feira, sujeitos a primeiro interrogatório judicial pelo juiz Carlos Alexandre […]

Os cinco detidos no caso da Portimão Urbis serão amanhã, quinta-feira, sujeitos a primeiro interrogatório judicial pelo juiz Carlos Alexandre do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa.

A investigação que hoje levou à detenção de Luís Carito, vice-presidente da Câmara de Portimão, do vereador Jorge Campos e mais três pessoas, é tutelada pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP).

Carlos Alexandre é o único juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal com competência para instruir os processos relacionados com a criminalidade mais grave, complexa e sofisticada, incluindo a corrupção.

Os casos “submarinos/contrapartidas”, “Portucale”, “BPN”, “Isaltino Morais”, entre outros, constituíram alguns dos processos instruídos por Carlos Alexandre, também conhecido como «Super Juiz».

Comentários

pub
pub