Portimonense tenta permanência na secretaria

No terreno de jogo, o Portimonense desceu de divisão, mas a direção do clube alvinegro vai tentar a permanência por […]

No terreno de jogo, o Portimonense desceu de divisão, mas a direção do clube alvinegro vai tentar a permanência por outros meios. Fernando Rocha, presidente do Portimonense, deslocou-se à sala de imprensa do Estádio dos Barreiros para dar conta da entrega de um requerimento na Liga, para que sejam fiscalizados os dezasseis clubes da Liga Orangina, devido a ordenados em atraso.

Fernando Rocha, citado pelo jornal A Bola, afirma que «o Portimonense desceu, mas tenho que dizer que isto ainda não acabou. O Portimonense desce porque tenta cumprir com as suas obrigações. Há outros clubes que não têm cumprido com as suas obrigações e a lei refere que quem não cumpre tem de ser penalizado».

O dirigente do Portimonense afirmou ainda, citado pelo mesmo jornal, que «no seguimento de uma queixa que o Covilhã fez em relação a alguns clubes, o Portimonense aproveitou também para fazer um pedido à Liga para verificar a situação de todos os clubes da Liga Orangina em relação aos salários em atraso. É do domínio público e toda a gente sabe quem são esses clubes, que, por vezes, não devem apenas devem um, dois, três, quatro, nem cinco meses».

Fernando Rocha invoca o artigo 58º do Regulamento Disciplinar da Liga de Clubes, que pune os clubes em incumprimento com subtração de pontos.

Comentários

pub
pub