Cavaco Silva foi o convidado especial do clube por que torce há mais de meio século

O centenário até foi sexta feira – dia em que o Olhanense derrotou fora o Braga por 2-1 – mas […]

O centenário até foi sexta feira – dia em que o Olhanense derrotou fora o Braga por 2-1 – mas o ponto alto das comemorações só teve lugar um dia depois: o Presidente da República Cavaco Silva foi o convidado de honra para inaugurar uma remodelada sala de troféus e participar no jantar de gala do clube.

Natural do Algarve, o Chefe de Estado – e sócio honrário do clube – lembrou durante o jantar realizado no Hotel Real Marina o início da sua ligação afetiva ao clube de Olhão.

“Muitos me têm perguntado o porquê da minha simpatia com o Olhanense. É uma simpatia que tem mais de meio século e remonta aos meus tempos de jovem, quando passava férias na Ilha da Armona. Construí a simpatia pelo clube depois na Escola Comercial e Industrial de Faro, que vários jovens desta cidade frequentavam”, disse Cavaco Silva, revelando ainda que chegou a ser colega de escola de vários atletas do clube de Olhão.

Realçando “o imenso orgulho em estar presente num dia muito especial para o concelho de Olhão e para a região”, o Chefe de Estado elogiou o trabalho desenvolvido no emblema rubronegro, tanto ao nível da formação de atletas, como homens, e “o sentido de missão” do presidente do Olhanense, Isidoro Sousa.

Para além do Presidente da República, marcou ainda presença Mário Figueiredo, presidente da Liga de Clubes, que realçou o “caso exemplar do Olhanense” no panorama do futebol nacional numa conjuntura difícil para traçar uma visão otimista para o futebol profissional em Portugal.

“O Olhanense é um clube que presta um grande serviço em prol da comunidade. Endereço a Isidoro Sousa, que tão dignamente tem conduzido os destinos do clube, com coragem e perseverança para enfrentar com determinação todos os desafios futuros. É a prova de que o Olhanense vive sucesso com um futuro sustentado”, disse Figueiredo.

“O Olhanense tem uma história que enche este povo de orgulho e vive um presente feito de trabalho e de sucesso, com vista a um futuro que se espera sustentado e auspicioso”, concluiu o presidente da Liga de Clubes.

Também o presidente da Federação Portuguesa de Futebol Fernando Gomes esteve presente, tendo ouvido Cavaco Silva desejar boa sorte à seleção nacional para o próximo campeonato da Europa na Polónia e Ucrânia, e aproveitou para qualificar o “Olhanense como uma bandeira da região do Algarve”.

Comentários

pub
pub