Uma tonelada de haxixe escondida em lancha rápida foi apreendida em Lagos

Uma tonelada de haxixe proveniente de Marrocos, dissimulada no interior de uma embarcação que procedera à sua recolha em mar, […]

Uma tonelada de haxixe proveniente de Marrocos, dissimulada no interior de uma embarcação que procedera à sua recolha em mar, foi apreendida esta terça-feira perto de Lagos.

Na sequência das investigações feitas após esta operação, foram detidos quatro homens, todos de nacionalidade estrangeira. Os detidos serão presentes na tarde de hoje às Autoridades Judiciárias competentes.

A droga, acondicionada em fardos, estava escondida em compartimentos colocados na estrutura da lancha rápida.

Tratou-se de uma operação conjunta da Autoridade Marítima do Sul e da Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE), que, segundo nota da Marinha, decorreu em «excelente cooperação».

Esta apreensão de grande monta surge depois de no domingo e segunda-feira a Polícia Marítima ter apreendidos 10 fardos de haxixe no mar junto à Praia da Armona (Olhão), embora não haja informação sobre se os dois casos estão ligados.

O primeiro fardo foi apreendido no domingo, às 7h30, resultante de buscas iniciadas de madrugada, com base numa informação de que teria havido um desembarque mal sucedido e consequentemente a largada da droga para o mar, acrescentaram as autoridades.

As operações começaram por decorrer com o recurso a elementos do Comando Local da Polícia Marítima de Olhão, com o reforço do Comando Local de Faro, estando a ser utilizadas para cobrir a área duas motas de água, dado tratar-se de uma zona de águas pouco profundas.

Na segunda-feira, para garantir a busca sistemática da zona, juntou-se também o Grupo de Mergulho Forense da Polícia Marítima.

Comentários

pub
pub